Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Na Passarela do Samba, Prefeitura de São Luís e Governo do Estado abrem oficialmente o Carnaval 2020

Rei Momo recebeu a chave da cidade e deu a largada oficial à folia momesca.

A corte momesca abriu oficialmente o Carnaval (Foto: Maurício Alexandre)

A Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado abriram o período de Carnaval 2020 na capital com a entrega da chave da cidade à Corte Momesca, em evento realizado na noite desta sexta-feira (21), na Passarela do Samba, no Anel Viário. O vice-prefeito, Julio Pinheiro, o secretário de Estado Cultura, Anderson Lindoso, e o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão, participaram da solenidade de entrega da chave da cidade ao Rei Momo Paulo Roberto da Conceição Trindade, simbolizando oficialmente o início da festa que conta, além da Passarela de Samba, com os circuitos da Beira-Mar, Rio Bacanga e Madre Deus.

“O Carnaval é uma grande festa popular e a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado, com gestão e compromisso, têm ampliado esta festa, tornando-a ainda mais significativa, com outros espaços e em circuitos integrados pensados para receber bem os foliões”, disse Julio Pinheiro.

Para o secretário de Cultura, Marlon Botão, este Carnaval confirma o compromisso e esforço do prefeito Edivaldo em apoiar os grandes eventos e as manifestações da cultura popular. “Nossa expectativa é de que este Carnaval será ainda melhor que nos anos anteriores. Este ano o circuito foi ampliado em uma clara demonstração desse investimento importante na cultura maranhense e na projeção da festa de São Luís para o país”, disse o titular da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). O secretário municipal de Representação Parlamentar, Nonato Chocolate e  vereador, Raimundo Penha, também participaram da cerimonia, entre outras autoridades.

O secretário de Estado da Cultura, Anderson Lindoso, ressaltou a parceria com a Prefeitura de São Luís. “Estamos com essa parceria forte com a Prefeitura de São Luís para realizarmos um grande Carnaval. Este ano, estamos trazendo quatro circuitos: Beira-mar, Rio Bacanga, Passarela do Samba e Madre Deus. O Carnaval, além de ser uma festa grandiosa e magnífica, é uma oportunidade de gerarmos renda. E isso temos conseguido desde as prévias e será ampliado nessa temporada oficial”, afirmou Anderson Lindoso.

Acompanhado da Rainha, Andressa Tainá Lima de Souza, e das princesas Naiara dos Santos Viana e Priscila Aroucha Pinheiro, que formam a Corte Momesca de São Luís este ano, Paulo Roberto Trindade declarou aberta a temporada de festas na capital maranhense. “Receber a chave da cidade não é para qualquer um. É uma responsabilidade muito grande simbolizar toda essa alegria do povo do Maranhão. Isso nós iremos fazer durante todo esse período, sempre com um sorriso estampado”, disse o Rei Momo, após receber a chave da cidade do vice-prefeito, Julio Pinheiro.

Na abertura do Carnaval 2020, o bloco afro Abiyéyé Maylô foi o primeiro a desfilar no espaço, seguido da apresentação do cortejo de trios com o grupo Vamu di Samba, Bloco do Jacaré, Blocão do Nina e Marabloco Elétrico.

ESTRUTURA

Este ano, a Prefeitura ampliou a estrutura da Passarela do Samba, com instalação de 41 camarotes disponíveis à venda e ainda três camarotes para os jurados, além de arquibancada com capacidade para um público de 10 mil pessoas a cada noite de programação, com acesso gratuito. As pulseiras que permitem acesso direto à Passarela do Samba no Anel Viário nos cinco dias de programação estão sendo entregues a partir das 17h, na bilheteria montada pela Secretaria Municipal de Cultura no local.

A passarela conta ainda com acessibilidade garantida para pessoas com dificuldades de locomoção e idosos, baterias de banheiros químicos instaladas em locais de fácil acesso e praça de alimentação com diversidade gastronômica, com destaque para a culinária maranhense. Intérpretes de Libras estarão no local nos cinco dias de festas.

FESTA

Ao todo, são mais de 70 atrações para animar os cinco dias de festa. A programação da Passarela do Samba contará com os desfiles das escolas de samba de São Luís, além de blocos organizados, blocos afros, turmas de samba e tribos de índios; cortejos de trios e shows que fecham a programação na noite de terça-feira (25). Na parte externa da passarela a Secretaria Municipal de Cultura montou a Tenda do Tambor para apresentações dos grupos de tambor de crioula, patrimônio imaterial da cultura brasileira, durante toda a temporada do reinado de Momo.

No sábado (22), a programação terá grupos de tambor de crioula, seguidos pelo desfile dos blocos tradicionais dos grupos A e B. Domingo (23) e segunda-feira (24) os blocos organizado, turmas de samba e escolas de samba se apresentam na avenida. A terça-feira (25) começa com o cortejo das tribos de índio e o desfile dos blocos afros.

O encerramento da folia, no Baile Popular, fica por conta do grupo “As Brasileirinhas”, Serrinha do Maranhão e a Banda Mesa de Bar. Na Quarta-feira de Cincas (26), as apurações dos concursos realizados serão realizadas no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, na Praia Grande, a partir das 10h.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 22 de fevereiro (Sábado), a partir das 18h.

– Tenda do Tambor, com Tambor de Crioula Estrela da Luz, Tambor de Crioula Manto de São Benedito e Tambor de Crioula Maracrioula.

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo B

19h30 – Os Fanáticos do Ritmo
19h55 – Os Indomáveis
20h20 – Os Guerreiros do Ritmo
20h45 – Príncipe da Meia Noite
21h10 – Dragões da Liberdade
21h35 – Companhia do Ritmo
22h – Os Diferenciados do Renascer
22h25 – Tradicionais do Ritmo
22h50 – Alegria do Ritmo
23h15 – Os Gigantes
Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo A

23h40 à 0h – APAE (não concorre)
0h5 à 0h25 – Vinagreira Show
0h30 à 0h50 – Tropicais do Ritmo
0h55 à 1h15 – Os Apaixonados
1h20 à 1h40 – Os Baratas
Dia 23 de fevereiro (domingo), a partir das 18h.

– Tenda do Tambor, com Tambor de Crioula Mocidade Independente (Mestre Nivô), Tambor de Crioula Oriente e Tambor de Crioula Ái Velho.

Desfile dos Blocos Organizados

19h às 19h15 – Unidos do Porto Grande
19h20 às 19h35 – Cobras das Estrelas
19h40 às 19h55 – Beatos do Samba
20h às 20h15 – Os Liberais
20h20 às 20h35 – Unidos da Vila Isabel
20h40 às 20h50 – Alegoria de Rua Corso da Melhor Idade da Madre Deus
20h55 às 21h5 – Alegoria de Rua Tijupá
Desfile das Turmas de Samba

21h10 às 21h25 – Ritmistas da Madre Deus
21h30 às 21h45 – Fuzileiros da Fuzarca
Desfile das Escolas de Samba

22h às 23h – Unidos de Fátima
23h10 à 0h10 – Mocidade Independente da Ilha
0h20 à 1h20 – Turma do Quinto
1h30 às 2h30 – Turma da Mangueira
2h40 às 3h40 – Favela do Samba

Dia 24 de fevereiro (segunda-feira), a partir das 18h.

– Tenda do Tambor, com Tambor de Crioula Proteção Mirim II, Tambor de Crioula Tapera e Tambor de Crioula Um Canto de Amor a São Luís.

Desfile dos Blocos Organizados

19h às 19h15 – Mocidade de Fátima
19h20 às 19h35 – Canto Quente
19h40 às 19h55 – Unidos da Vila Embratel II
20h às 20h15 – Pau Brasil
20h20 às 20h35 – Turma do Saco
20h40 às 20h55 – Dragões da Madre Deus
Desfile das Turmas de Samba

21h às 21h15 – Ritmistas de São José de Ribamar
21h20 às 21h35 – Vinagreira do Samba
Desfile das Escolas de Samba

22h às 23h – Terrestre do Samba
23h10 à 0h10 – Túnel do Sacavém
0h20 à 1h20 – Império Serrano
1h30 às 2h30 – Marambaia
2h40 às 3h40 – Flor do Samba

Dia 25 de fevereiro (terça-feira), a partir das 18h.

– Tenda do Tambor, com Tambor de Crioula Um Degrau de Santa Luzia, Tambor de Crioula Raízes Africanas e Tambor de Crioula União de São Benedito (Vila São José).

Cortejo das Tribos de Índio

-Sioux, Upaon-Açu, TapiacaUhu, CurumiM, Kaiapó, Itapoã, Guarany, Tupiniquim, Carajás, Kamayaurá.

Desfile dos Blocos Afros

19h – GDAM
19h25 – AbiyêyêMaylô
19h50 – Omnirá
20h15 – Juremê
20h40 – Abibimã
21h05 – Officina Affro
21h30 – Akomabu
21h55 – Netos de Nanã
22h20 – Didara

Encerramento

23h – Baile Popular, com As Brasileirinhas, Serrinha do Maranhão e Banda Mesa de Bar.

Dia 26 de fevereiro (quarta-feira de cinzas)

Teatro Alcione Nazareth (Centro de Criatividade Odylo Costa, filho), na Praia Grande.

10h – Apuração de Concurso realizado na Passarela do Samba, dos Blocos Organizados

14h – Apuração de Concursos realizados na Passarela do Samba, dos Blocos Tradicionais e Escolas de Samba.

Carregando