Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Novo superintendente regional do Banco da Amazônia toma posse com orçamento de 438,96 milhões para aplicar em negócios no Maranhão

Nos últimos cinco anos, o Banco aplicou no estado R$ 964,5 milhões em crédito de fomento.

Diego Santos Lima assumiu a Superintendência Regional do Maranhão (Foto: Divulgação)

Um orçamento de R$ 438,96 milhões para aplicar em negócios produtivos apoiados pelo Banco da Amazônia em 2020, no estado do Maranhão. Esse é o tamanho do desafio que terá pela frente o administrador de empresas Diego Santos Lima, que assumiu, na sexta-feira, 21 de fevereiro, a Superintendência Regional do Maranhão, no lugar da advogada  Patrícia Barbiero, designada para responder pela Gerência de Administração das Centrais de Crédito e Cadastro. A posse ocorreu na sede da Superintendência do Banco da Amazônia no Maranhão, localizada no Centro, na Av. Pedro II, 140. Estiveram presentes na solenidade o Diretor da Área Comercial da instituição, Francimar Rodrigues Maciel, colaboradores, parceiros e convidados.

Diego respondia pela Superintendência do Acre. Anteriormente foi gerente nas agências Almas, Xambioá, Gurupi e Porto Nacional, todas no estado do Tocantins. Com 15 anos de carreira no Banco da Amazônia, o administrador começou a trabalhar na instituição na agência de Tocantinópolis (TO).  Ele é formado pela Universidade Estadual do Tocantins (UET), possui MBA em Fundo de Investimentos Banking, Certidão Profissional ANBIMA 10, 20 e CEA.

A Super MA dispõe de 12 agências, que atendem a 241 municípios nos estados do Maranhão, Tocantins e Piauí. Nos últimos cinco anos, o Banco aplicou no Maranhão R$ 964,5 milhões em crédito de fomento, o que torna a instituição responsável por mais de 20,60% do crédito de fomento aplicado nessa região.

Carregando