Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Codó-MA registra dois assassinatos nos últimos dias

Um proprietário de supermercado e restaurante levou tiro de espingarda.

Wesley Chaelenilson foram assassinados em Codó (Foto: Divulgação)

O empresário Wesley Cardoso Silva Portela, de 34 anos, foi morto a tiros de escopeta, na noite de quinta-feira (28), no município de Codó. Proprietário de um supermercado e um restaurante da cidade, Wesley Cardoso pode ter sido morto por vingança.

Wesley foi alvejado com dois disparos que acertaram a região do lado esquerdo do peito, ombro e face. Ele chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com informações da Polícia Civil, que investiga o caso, na última segunda-feira (24) durante o carnaval, a vítima se envolveu em uma briga com três pessoas. Na noite do crime, dois deles voltaram a se encontrar com o empresário, que acabou morto.

O delegado Rômulo Vasconcelos, da Delegacia Regional de Codó, destacou que a dupla responsável pelo homicídio já foi identificada pela polícia. Os autores seriam os homens conhecidos apenas como Carlos e Nonato. “Estamos vendo as imagens do local do crime, para definir quem de fato efetivou o disparo”, explicou. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

OUTRA MORTE

Também na quinta-feira (27), em Codó, Chaelenilson Moreira, de 32 anos, foi morto dentro de casa, localizada na Rua Padre Alteredo, no bairro Nova Jerusalém. Segundo apurado pela polícia, os suspeitos invadiram a residência da vítima e dispararam tiros contra ele, que morreu na hora.

A Polícia Civil trabalha com a possibilidade de crime de execução motivado por vingança. Uma das possibilidades é de que o homem foi morto porque agredia fisicamente a ex-mulher. Os autores do homicídio não foram presos, mas a polícia já teria informações sobre o paradeiro deles.

Carregando