Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Programa “Nosso Centro” incentiva a criação de 370 novos negócios no Centro Histórico de São Luís

Dados foram apresentados pela Junta Comercial do Maranhão em uma reunião na Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano

Secretário Rubens Jr, o presidente da Jucema e técnicos da Secid em reunião (Foto: Divulgação)

A instituição do programa Nosso Centro pelo Governo do Estado estimulou a criação de 370 novos negócios na região central da cidade. Estes dados foram apresentados pela Junta Comercial do Maranhão (Jucema) em uma reunião, na quarta-feira (4),com o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Jr e técnicos da Secid.

O secretário Rubens Pereira Jr. destacou a importância da parceria com a Junta Comercial do Maranhão para fomentar e apoiar o comércio no Centro Histórico de São Luis.

“A partir da revitalização de uma área urbana da cidade, por meio de parcerias das esferas estaduais, federais, municipais e iniciativa privada, o governo investe e incentiva a circulação de  pessoas e a criação de novas oportunidades na área central da cidade, gerando emprego e renda, movimentando a economia e transformando a região ativa economicamente, segura e sustentável”, exclamou o titular da Secid, Rubens Pereira Jr.

“O Nosso Centro é um programa espetacular da gestão do governador Flávio Dino. Com esta parceria vamos garantir cada vez mais o uso e a ocupação do Centro de São Luís. É importante descobrirmos e desenvolvermos ainda mais as potencialidades que existem no nosso estado; e o Centro Histórico de São Luís é um espaço grandioso que precisa ser explorado e valorizado, ”, ressaltou o presidente da Jucema, Sergio Sombra.

Já o coordenador do programa Nosso Centro, José Antônio Viana, presente na reunião explica que, com os dados apresentados pela Jucema, a Secid teve uma visão geral como está o comércio no Centro de São Luis.

“Nós percebemos que a maioria dos investidores são mulheres, microempresários que precisam de apoio e que estão cada vez mais investindo e acreditando na região, por essa razão estamos trabalhando em conjunto para buscar formas e estratégias de fomentar e apoiar esses empreendedores”, disse o coordenador do programa Nosso Centro, José Antônio Viana.

Além da apresentação dos dados com mapeamento das empresas localizadas no centro, os gestores discutiram m novo projeto para ser desenvolvido especialmente com os microempresários e assim permitir que atuação do nosso Centro continue sendo estratégica.

Carregando