Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeitura de São Luís autoriza convocação de 566 aprovados no concurso da Educação

A entrada de novos profissionais na rede vai beneficiar mais de 100 mil alunos da Prefeitura de São Luís

A entrada de novos profissionais vai beneficiar mais de 100 mil alunos em São Luís (Foto: Maurício Alexandre)

A Prefeitura de São Luís autorizou a convocação de mais 566 aprovados no  último concurso para Secretaria Municipal de Educação (Semed) e de 42 profissionais para preenchimento de vagas remanescentes que não foram preenchidas quando da última chamada, realizada em fevereiro deste ano. Com mais estas duas convocações a Prefeitura de São Luís encerra a lista de aprovados que podem ser chamados.

O prefeito Edivaldo destacou que dotar a rede de educação de toda a infraestrutura necessária para garantir o processo ensino-aprendizagem é uma das prioridades da sua gestão. “Temos feito grandes investimentos para aparelhar nossas escolas, não apenas na infraestrutura com as reformas e requalificações dos prédios, mas também no âmbito pedagógico. Neste sentido, a convocação de profissionais concursados para compor o quadro efetivo da Semed tem uma importância muito grande. Também temos dado uma atenção específica à educação especial com a convocação de novos profissionais, tornando nossa rede mais inclusiva”, disse.

Entre os cargos convocados estão profissionais do magistério para atender as zonas rural e urbana e técnicos de nível médio e superior. A íntegra do edital de reconvocação, dos 42 profissionais, está disponível no endereço www.saoluis.ma.gov.br/semad, no menu ‘Concursos Públicos’, bem como no Diário Oficial do Município. A convocação dos outros 566 será publicada no diário nos próximos dias.

CARGOS

Dos 42 chamados, 06 são professores – especialidades de 1º ao 5º ano (01), Educação Infantil (01), Atendimento Educacional Especializado (02), Educação Física (01) e Língua Portuguesa (01) -; 03 Técnicos Municipais de Nível Superior – Assistência Social (01), Fonoaudiologia (01) e Terapia Ocupacional (01) -; e 33 Técnicos Municipais de Nível Médio na especialidade de Cuidador Escolar.

Todos os convocados fazem parte do cadastro de reserva. O certame para a rede municipal de ensino foi promovido em 2017, abrindo 822 vagas nos níveis médio e superior, além do cadastro de reserva. O concurso disponibilizou oportunidades para cargos de magistério, níveis superior e médio, e pela primeira vez, vagas para a Educação Especial.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Moacyr Feitosa, a nomeação de mais profissionais busca suprir a demanda da rede municipal de ensino para garantir uma educação cada vez mais qualificada. “Todo o investimento que vem sendo realizado pelo prefeito Edivaldo evidencia a educação como prioridade e reforça a meta de oferecer o melhor aprendizado aos estudantes de São Luís”, disse.

Já a titular da Secretaria Municipal de Administração (Semad), Mittyz Rodrigues, afirmou que a administração municipal tem trabalhado de forma contínua no fortalecimento da política de recursos humanos e valorização do servidor. “Com estas convocações iremos esgotar o cadastro de reserva. Estes chamados que têm sido autorizadas pelo prefeito Edivaldo demonstram seu compromisso em compor um quadro qualificado de pessoal no município”, destaca.

DOCUMENTAÇÃO

Todos os convocados devem comparecer, conforme indicado no edital de convocação, primeiramente à Perícia Médica do Município para apresentação e homologação dos resultados dos exames admissionais (originais e cópias) e em segundo à Secretaria Municipal de Administração (Central de Atendimento ao Servidor – CEAT) para apresentação da documentação integral exigida nos Anexos I e II do edital.

A Perícia Médica do Município está localizada na Av. Beira Mar, nº 342 A – Centro, próximo à antiga RFFSA (telefone de contato 98 3232 – 3774). E a Central de Atendimento ao Servidor, na Av. Jaime Tavares, nº 402 – Praia Grande, em frente ao Terminal de Integração (telefones: 98 3212 – 8075 e  3212 – 3233).

A listagem geral de exames laboratoriais e complementares e a relação de documentos exigidos constam nos Anexos I e II do edital de convocação. A documentação de todos os convocados deverá ser apresentada, integralmente, copiada em duas vias, estando acompanhados dos respectivos originais para efeito comprobatório. Tanto os exames laboratoriais e complementares quanto a emissão de documentos necessários à nomeação no cargo serão realizados às custas dos candidatos, conforme edital de convocação.

De acordo com o edital, o não comparecimento nos prazos determinados para apresentação da documentação exigida implica automaticamente no impedimento da nomeação, configurando desistência tácita, salvo exceções legais aplicáveis.

Carregando