Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo do Estado amplia leitos e pontos de testagem para coronavírus

O Maranhão acompanha casos suspeitos, mas não possui casos confirmados da doença

Hospital Carlos Macieira está preparado para atender casos de coronavírus. (Foto: Gilson Teixeira)

A unidade do Viva, na Beira Mar, e o Hospital Carlos Macieira, no Calhau, são os dois novos postos de testagem e atendimento para casos de coronavírus (Covid-19). A medida do Governo do Estado garante o adequado acolhimento das ocorrências que possam surgir. O Maranhão acompanha casos suspeitos, mas não possui casos confirmados da doença. Na noite desta quinta-feira (20), o governador Flávio Dino visitou os postos, que serão disponibilizados a partir da segunda-feira (23).

Os novos Centros de Testagem se somam aos já disponibilizados pelo Governo do Estado, reforçando os atendimentos na rede de saúde estadual, em todas as regiões maranhenses, pontuou o governador Flávio Dino durante a visita. “Nestes espaços serão realizadas as testagens daquelas pessoas com indícios dos sintomas. É importante que todos vejam os passos concretos que estamos dando, a fim de preparar ao máximo nossa rede assistencial, para que haja prevenção, higiene pessoal, cuidado consigo e familiares e o isolamento domiciliar em caso de sintomas”, frisou.

No Centro de Testagem do Viva Beira Mar, o acesso será independente – pela rua por trás do prédio – separada do fluxo normal, para evitar aglomerações na unidade. O atendimento inicial vai orientar quem tem indícios ou não precisa fazer exame. O Governo conta com laboratório específico para essa assistência. No Hospital Carlos Macieira, estão sendo preparadas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivas para atender casos graves da doença. São 20 novos leitos isolados em um andar da unidade, para evitar contato de pessoas com outras doenças.

Novo Centro de Testagem, na unidade Viva Beira Mar. (Foto: Gilson Teixeira)

“Estamos qualificando e ampliando a rede assistencial de saúde em todas as regiões do Maranhão. Reuni com diretorias das unidades regionais e macrorregionais e em todas estas regiões temos os protocolos, equipamentos e leitos de Unidades de Terapia Intensiva, destinados para eventual acolhida de pacientes mais graves que venham precisar de internação”, reforçou Flávio Dino.

Chamando atenção ao grande número de notícias falsas, o governador enfatizou que “informações, com transparência, seriedade e senso de verdade, podem ser acessadas nas redes oficiais do Governo do Estado, que está de mãos dadas com as autoridades sanitárias e a sociedade”.

A rede estadual de saúde conta com postos de atendimento para tratar os casos graves de coronavírus, que precisam de internação, nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hospitais macrorregionais e regionais. Na capital, está funcionando o Centro de Testagem da Policlínica, no Diamante; e em andamento, a reforma e ampliação do Hospital Genésio Rêgo, na Avenida dos Franceses. Em abril, mais 50 leitos de isolamento serão disponibilizados pelo Governo do Estado.

Carregando