Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Assaltante de residência é preso e atuado por manter animal silvestre em cativeiro

Durante a prisão, um animal silvestre foi encontrado na casa suspeito

O acusado assaltou uma residência em janeiro na capital (Foto: Divulgação)

No combate a crimes patrimoniais, a Polícia Civil do Maranhão cumpriu mandado de prisão preventiva contra um assaltante de residência, em crime ocorrido no mês de janeiro/2020, no bairro Cohama, em São Luís. A ação aconteceu nesta quinta-feira, 26, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital- SPCC (Delegacia de Roubos e Furtos – DRF).

Na ação criminosa, o indivíduo, de 19 anos, e mais três comparsas, munidos com arma de fogo, invadiram a residência e renderam os moradores. Na oportunidade, foram subtraídos um veículo Gol (abandonado no mesmo dia na Vila Riod), cinco televisões, dois celulares, computador, impressora, talões de cheque, furadeira, cinco perfumes e a quantia aproximada de R$90.000,00 (noventa mil reais).

No mesmo dia do crime, durante ação realizada pela DRF, a maior parte dos bens foi recuperada. Duas mulheres foram presas na Cidade Olímpica pelo delito de receptação e posse de arma de fogo. Elas foram encontradas com os objetos roubados, além de um dos revólveres utilizados no crime.

Durante a prisão ocorrida nesta quinta-feira, foi encontrado na casa do alvo um quati (animal silvestre), motivo pelo qual o suspeito foi autuado por crime ambiental. O animal foi entregue aos órgãos competentes para a devida restituição à natureza.

Após as formalidades legais, o preso foi encaminhado ao sistema prisional onde ficará à disposição da Justiça

Carregando