Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo entrega primeira etapa da obra do Hospital da Criança

A obra de reforma do Hospital da Criança também está em andamento com outra etapa, destinada à construção de mais 20 leitos para atender pacientes com o Covid-19

Governo entrega primeira etapa do Hospital da Criança na capital. (Foto: Divulgação)

Dando continuidade às ampliações dos serviços de saúde no Maranhão, o Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), entregou, nesta segunda-feira (30), a primeira etapa das obras no Hospital da Criança, em São Luís.

Para auxiliar no atendimento à saúde dos maranhenses, o Hospital da Criança passou por uma ampliação com a construção de uma área específica de isolamento. Ao todo, foram entregues a Prefeitura de São Luís, três novos espaços de tratamento, sendo áreas de observação, estabilização e isolamento. Além dos leitos, os espaços entregues contam com um aumento expansivo para nebulização e estabilização dos pacientes.

Serviços em andamento

A obra de reforma do Hospital da Criança também está em andamento com outra etapa, destinada à construção de mais 20 leitos para atender pacientes com o Covid-19, sendo cinco deles de isolamento e quatro de observação, além do aumento da área de nebulização.

Para o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, esse fortalecimento no combate ao vírus só está sendo possível por causa da soma de forças entre as entidades públicas e sociais.

Ampliação de leitos

Nos próximos dias, serão entregues 10 novos leitos de UTI no Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, em Coroatá. Além deles, foram instalados 20 leitos de UTI adicionais no Hospital Dr. Carlos Macieira; 10 novos leitos de UTI no Hospital Macrorregional de Imperatriz; 50 novos leitos de retaguarda no anexo do Centro de Saúde Dr. Genésio Rêgo, e mais 80 leitos no Hospital de Cuidados Intensivos, além de leitos de enfermaria em hospitais macrorregionais e regionais em São Luís e no interior do estado. No total, o Governo do Estado designou 200 leitos exclusivamente para atender possíveis casos agravados de Covid-19.

 

Carregando