Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Praças do PAC Ponta do São Francisco são entregues revitalizadas

A iniciativa consolida as ações em promover espaços de lazer nos bairros. 

Praças do PAC Ponta do São Francisco são entregues (Foto: Divulgação)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), entregou nesta sexta-feira (3), duas praças revitalizadas que fazem parte das obras de urbanização do PAC Ponta do São Francisco. A iniciativa consolida as ações do Governo em promover espaços de lazer nos bairros.

Para conter a pandemia do Covid-19, o Governo do Maranhão suspendeu eventos, de qualquer natureza. Por isso, a entrega das praças setor 1 e setor 2 do PAC São Francisco ocorreu de forma simples, com a retirada dos tapumes e limpeza do local. As medidas, em Decreto, que foram anunciadas pelo governador Flávio Dino, têm como objetivo evitar a propagação do coronavírus.

O secretário das Cidades, Rubens Pereira Jr. esteve no local por determinação do governador Flávio Dino para fiscalizar a conclusão da obra e acompanhar a retirada dos tapumes. “A obra do PAC São Francisco, autorizada ainda na época do Governo Dilma Rousseff, prevê urbanização do entorno do local onde temos o programa habitacional Residencial José Chagas. Para nós, é muita felicidade poder deixar à disposição da população este resultado. Estamos deixando as praças à disposição do povo da nossa cidade. A inauguração será após a crise do coronavírus”, destacou o titular da Secid. Rubens ainda explicou que o Residencial José Chagas e a praça do Setor 3 ainda serão entregues para a comunidade este ano.

A intervenção engloba um conjunto de obras de urbanizações com infraestruturas básicas de rede de esgoto, drenagem pluvial, rede de abastecimento de água, rede de iluminação, aterro de áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e construção de equipamentos públicos de apoio à pesca e lazer. São investimentos na ordem de R$ 7,6 milhões que resultam em um complexo com três praças, e o Residencial José Chagas, que vai beneficiar 256 famílias que vivem em vulnerabilidade social na região da Ilhinha.

Entregas

As duas praças, entregues na sexta-feira, são as obras urbanísticas dos equipamentos públicos que apresentam estética simples e moderna. A praça do Setor 1, que fica ao lado do Residencial José Chagas, contemplará as famílias e toda comunidade em geral com espaço para caminhada ao ar livre, academia ao ar livre, playground para as crianças, área de vivência com caramanchão e um espaço livre para eventos cristãos.

Já a praça do Setor 2 possui quadra poliesportiva coberta (futsal, handebol e basquete), quadra de areia (futebol de areia e vôlei), área de vivência com caramanchão, plantio de gramas, bicicletário, iluminação, instalação de novos bancos e urbanização para caminhada margeando toda a praça.

Diego Nascimento – responsável pelo menino Caio, criança que recentemente teve um vídeo viralizado jogando futebol no bairro São Francisco – acredita que não só as quadras para os esportes, mas as praças vão contribuir muito para o desenvolvimento das crianças e da comunidade em geral. “Essa obra do PAC São Francisco é muito importante para nossa população que há anos buscou por um espaço de lazer. É um marco para todos nós. Estou muito feliz porque as pessoas vão ter um espaço para conversar, de lazer”.

Projeto PAC Ponta do São Francisco

A intervenção engloba um conjunto de obras de urbanização com infraestruturas básicas de rede de esgoto, drenagem pluvial, rede de abastecimento de água, rede de iluminação, aterro de áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e construção de equipamentos públicos de apoio à pesca e lazer. São investimentos na ordem de R$ 7,6 milhões.

Para apoio à atividade pesqueira, está prevista ainda a construção de estacionamentos, rampas de acesso pesqueiro ao Rio Anil e Bacia de São Marcos, além de galpão de apoio a comunidade pesqueira. O local será um novo atrativo turístico de São Luís, pois a área poderá ser utilizada para promoção de passeios de barcos, de catamarã, jet ski, outros esportes e atividades, bem como geração de negócios dos bairros da Ilhinha.

Carregando