Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Home office e quarentena: 5 dicas para se adaptar bem à nova rotina

Com o avanço da pandemia do coronavírus em todo o mundo, ocorre também a adoção de estratégias para contenção da sua disseminação

(Foto: Reprodução/Pixabay)

Com o avanço da pandemia do coronavírus em todo o mundo, ocorre também a adoção de estratégias para contenção da sua disseminação. No Brasil, já está em prática a quarentena em diversos estados brasileiros e também a sugestão do distanciamento social em todo o território nacional. Com essa significativa mudança na rotina, muda também o dia a dia de trabalho de milhões de brasileiros com a prática do trabalho em casa, o home office.

Já parte do cotidiano de diversos trabalhadores – sobretudo aqueles que atuam em áreas como tecnologia, marketing, publicidade, economia criativa e design – o home office agora alcança novas posições dentro do mercado de trabalho com a chegada da COVID-19.

Para evitar a aglomeração de pessoas e garantir o isolamento de seus colaboradores, boa parte das empresas do país nos mais diferentes segmentos liberaram o trabalho em casa desde a penúltima semana de março, e assim seguirão até que o ambiente volte a ser seguro para a saúde de todos.

Se para alguns o trabalho em casa já é uma realidade há um tempo, para outros é uma novidade. Por ser uma modalidade diferente e em um ambiente que, normalmente, é de lazer, descanso e de afazeres domésticos, pode ser de fato um desafio implantar uma nova rotina laboral na residência. Mas algumas dicas podem ajudar a criar um local que una com equilíbrio as tarefas do trabalho e da casa, cada uma no seu tempo e espaço.

1) Crie um espaço específico para o seu novo escritório

Seja no quarto, na sala ou em qualquer outro cômodo da casa, é importante criar um espaço específico para posicionar o computador, agenda, caderno, papéis, canetas e todo o aparato necessário para o seu dia a dia. Evite, sempre que possível, usar a mesa de refeições ou outros lugares muito improvisados, pois isso pode interferir na produtividade e no foco e também no conforto para a realização das atividades.

2) Mantenha o horário de trabalho, como no escritório

Quando estamos em casa pode parecer tentador aproveitar o tempo entre um afazer e outro para realizar alguma tarefa como lavar roupa, limpar a casa, arrumar armários ou ajudar na lição dos filhos, por exemplo. Lembre-se que isso pode comprometer seriamente o rendimento e causar uma sensação de que o home office “não está dando certo”.

Para evitar, continue se baseando no horário de trabalho como se estivesse indo para a empresa, mantendo, é claro, as pausas necessárias para refeições.

3) Continue em contato com os colegas

Manter o contato com os colegas, tanto da sua área quanto de outras da empresa, é saudável e reduz os impactos psicológicos do isolamento social enquanto realiza-se o trabalho em casa.

“Desde o início da quarentena e do home office de nossos colaboradores, adotamos o uso de uma plataforma em que toda a equipe fica em contato o dia todo, tanto para assuntos estritamente profissionais quanto para troca de informações, dicas, vídeos, dando espaço para a descontração também. Além das reuniões de rotina, também iniciamos stand ups diários com a câmera ligada. Dessa forma mantemos um excelente rendimento desde o primeiro dia de isolamento e também o bem-estar dos nossos funcionários”, explica Hugo Collier, CEO da agência  de marketing digital ABlab.

4) De olho na ergonomia

Procure se posicionar da maneira mais confortável possível para trabalhar, afinal serão várias horas por dia utilizando o mobiliário de casa, que muitas vezes é bastante diferente do que há disponível nas empresas. Se puder, invista em uma boa cadeira de escritório (Mas nada de sair para comprar! Pesquise nas lojas online.) para preservar a saúde da sua coluna e evitará o surgimento de dores nas costas. Se não for possível, utilize uma cadeira com encosto alto e, de tempos em tempos, levante-se para alongar as costas, braços e pernas. Atenção também à altura da tela do computador em relação aos olhos, evitando a sobrecarga no pescoço.

5) Aproveite o tempo livre

Apesar da grande mudança na rotina, com a necessidade de todos ficarem em casa e esse ter se tornado um espaço para todas as atividades do dia a dia, é preciso também entender o limite entre horário de trabalho e horário de descanso. Aqui vale a dica do segundo tópico: mantenha o tempo de expediente, e, depois de “sair do trabalho”, aproveite para descansar a mente, ler, fazer uma atividade manual, ver filmes, praticar exercícios, enfim, faça aquilo que traz relaxamento mental e diversão para ajudar a encarar os dias.

E, não se esqueça: fique em casa.

Carregando