Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeitura de São Luís encerra mais um cronograma da campanha de vacinação contra Influenza/H1N1 que retorna após feriado

Estratégias seguem imunização por ordenamento alfabético e drive thur e têm sido eficazes, evitando aglomerações.

Prefeitura de São Luís retomará campanha de vacinação contra Influenza/H1N1 após feriados da Semana Santa (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) encerrou, nesta quinta-feira, mais um cronograma de vacinação contra a Influenza/H1N1 na capital maranhense. Além dos caminhoneiros que receberam doses em postos de combustíveis na BR-135, também foram imunizados idosos acima de 60 anos, além de crianças de seis meses a menores de seis anos de idade cujos nomes começaram pelas letras E a J e profissionais da saúde. Nesta sexta-feira (10), devido ao feriado da Semana Santa e no Sábado de Aleluia (11), a vacinação estará suspensa. Até quinta-feira foram aplicadas 178.870 doses. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde para vacinação de idosos e profissionais de saúde já foi superada.

Está em fase final de elaboração o cronograma de vacina para a próxima semana. A vacinação obedece à estratégia planejada pela Prefeitura de São Luís e parceria com o Governo do Estado,  seguindo ordem alfabética, no intuito de evitar aglomeração de pessoas e o risco de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19), inclusive com posto drive thur.

De acordo com dados da Coordenação de Imunização da Semus, foram aplicadas mais de 96 mil doses somente em idosos até a quinta-feira (09) e a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde foi alcançada em tempo recorde. Na quinta-feira (9), o drive thru (que vacinou apenas idosos cujos nomes começam com a letra J) registrou grande público. Mais de duas mil pessoas buscaram a vacina no local.

Muita gente aproveitou o início de feriado para se proteger. “Decidi vir aqui pois assisti na televisão a reportagem. Estou protegida da influenza, graças a Deus”, disse a aposentada Maria da Graça Paz, de 72 anos. O movimento também foi intenso na BR-135, para os caminhoneiros e nas escolas disponíveis.

O secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, destaca o bom trabalho realizado na organização da campanha. Ele enfatiza que, devido à divulgação maciça, a população passou a se planejar para ir aos locais. “Além disso, ampliamos nossa rede de atendimento, o que descentralizou nossa estrutura. Conseguimos uma vacinação recorde de idosos graças ao nosso planejamento e empenho das nossas equipes”, enfatizou.

CAMPANHA

Até o dia 15 deste mês, além de idosos e crianças, profissionais de saúde continuarão a ser vacinados. A partir desta data, será a vez dos profissionais das forças de segurança e portadores de doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais, além de funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e a população privada de liberdade.

A partir do dia 9 de maio deste ano, por fim, serão vacinados os professores de escolas públicas e privadas, gestantes, puérperas (mulheres em período pós-parto), povos indígenas, adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência física. Desde o dia 23 de março, além de idosos, crianças e caminhoneiros, pessoas acamadas também foram protegidas. Moradores de condomínios também foram cadastrados para vacinação. Neste caso, somente idosos e crianças.

Para facilitar e evitar aglomerações desnecessárias, a pasta disponibilizou um email para síndicos e/ou responsáveis legais por condomínio. A pasta orienta que o interessado encaminhe email para influenza2020.semus.slz@gmail.com. Deve ser informado, no contato, o nome do condomínio. Nos condomínios, somente crianças no público-alvo e idosos acima de 60 anos serão imunizados.

Os responsáveis por estes espaços de moradia e responsáveis por acamados também poderão ligar para um dos seguintes números: (98) 984243338, (98) 985175284, (98) 988873666, (98) 988167776 e (98) 983526576. As ligações para estes números, de acordo com o setor responsável, estarão suspensas na sexta-feira (10) e sábado (11) e poderão ser novamente feitas na segunda-feira (13), a partir das 8h.

Carregando