Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Bolsonaro demite Mandetta, e Nelson Teich é o novo ministro da Saúde

Presidente e ministro tiveram divergências públicas sobre isolamento social.

Henrique Mandetta não é mais o ministro da Saúde (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro chamou Henrique Mandetta ao Palácio do Planalto, na tarde desta quinta-feira, 16, e comunicou a demissão do, agora, ex-ministro da Saúde. O martelo já foi batido e o oncologista Nelson Teich será o seu substituto.

A informação foi confirmada pelo próprio ministro, por meio de uma rede social.

“Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar”, escreveu Mandetta.

“Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país”, prosseguiu.

Nas últimas semanas, contudo, Bolsonaro e Mandetta tiveram divergências públicas em razão das estratégias para conter a velocidade do contágio da Covid-19, doença provocada pelo vírus.

Ainda na quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento e oficializou a demissão de Mandetta, além de ter  confirmado o nome de Nelson Teich como novo ministro da Saúde.

Carregando