Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo disponibiliza novos leitos para atendimento exclusivo a casos de Covid-19

Com os novos leitos liberados, serão, só no HCM, 111 leitos exclusivos para pacientes da Covid-19

Hospital Carlos Macieira está preparado para atender casos de coronavírus. (Foto: Gilson Teixeira)

Na luta pela ampliação de leitos exclusivos para casos de Covid-19, o Governo do Estado disponibilizou mais 71 novos leitos no Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM). A liberação dos leitos que ficam no 4º andar da unidade de saúde será realizada com a transferência de pacientes da clínica médica para os 54 novos leitos criados pelo Governo do Estado no Hospital do Servidor. Dessa forma, o espaço fica liberado para assistência exclusiva aos pacientes infectados pelo novo coronavírus, ampliando a capacidade de atendimento do HCM, hospital de alta complexidade que é referência no atendimento a pacientes com o novo coronavírus.

“Nos últimos dias tivemos um aumento alarmante do número de casos de pessoas necessitando de leitos de ala amarela, leitos de enfermaria para Covid-19. Nosso desafio é ampliá-los e neste sábado a gente ganha 71 leitos com o remanejamento de pacientes do HCM para o Hospital do Servidor. Assim, a gente passa de 80 para 150 leitos de enfermaria exclusivos para a assistência a pacientes diagnosticados com a Covid-19. É o Governo do Maranhão lutando contra a pandemia e pedindo a contribuição da população: fiquem em casa. Juntos, podemos vencer essa guerra”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Com os novos leitos liberados, serão, só no HCM, 111 leitos exclusivos para pacientes da Covid-19 que precisarem de assistência hospitalar, pois o hospital já contava com 40 leitos exclusivos para tratamento de casos do novo coronavírus, sendo 20 deles de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 20 de enfermaria.

De acordo com o diretor geral do Hospital Dr. Carlos Macieira, Edilson Medeiros, a ampliação dos leitos na unidade de saúde será mais um ganho para a rede estadual no combate à pandemia.

Para ampliação do serviço, profissionais qualificados foram destinados para desempenhar funções específicas no tratamento a pacientes suspeitos e confirmados para Covid-19.

 

Carregando