Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão chega a 574 leitos para coronavírus na rede estadual e prepara nova expansão

O número mais do que dobrou desde o mês passado, quando havia 250 leitos isolados para a doença

São 325 leitos na capital maranhense (Foto: Divulgação)

O Governo do Maranhão chegou nesta semana a 574 leitos exclusivos para o atendimento de coronavírus no Estado. O número mais do que dobrou desde o mês passado, quando havia 250 leitos isolados para a doença.

Como mais de 90% dos casos estão concentrados na Ilha de São Luís, a capital maranhense acumula o maior número de leitos: 325.

Do total de leitos na rede pública estadual em todas as regiões, 171 são de UTI, e 403 são de enfermaria. Na capital, 90 são de UTI e 235, de enfermaria.

A oferta de leitos, até o momento, é considerada suficiente para as cidades fora da Grande São Luís. Na Ilha, entretanto, a situação é mais preocupante, com cerca de 90% dos leitos de UTI ocupados.

Por isso, já está sendo feita nova expansão. Nesta semana, mais 18 leitos vão entrar em funcionamento na capital (15 no Hospital de Cuidados Intensivos e 3 na Hospital da Vila Luizão).

Além disso, nesta terça-feira (21), o governador Flávio Dino anunciou o aluguel de mais um hospital privado, onde haverá mais 200 leitos para pacientes com Covid-19.

Trata-se do Hospital Real, que fica localizado na Avenida Rio Branco, no centro de São Luís. O Governo do já iniciou a montagem dos equipamentos e contratação das equipes

Também há obras de expansão de leitos em anexo do Hospital Nina Rodrigues, no HCI (o primeiro hospital privado alugado pelo Governo do Estado) e na Unidade Mista do Itaqui-Bacanga, em espaço cedido pela prefeitura. No Hospital São José, também alugado, serão mais 50 leitos.

Além dos leitos da rede estadual, o sistema público de saúde em São Luís tem leitos municipais e do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Os municipais estão concentrados no Hospital da Mulher, que foi direcionado para atender casos de coronavírus. São 53 leitos, sendo dez de UTI e 43 clínicos.

Já o Hospital Universitário tem 20 leitos dedicados exclusivamente a pacientes com a doença.

Outras cidades

O Governo do Estado também está concluindo obras nas cidades fora da Ilha de São Luís para reforçar o combate à doença. Em Lago da Pedra, está sendo concluído o hospital com 50 leitos de internação e quatro salas de isolamento. Em Santa Luzia, o novo hospital terá 72 leitos.

Nem todos os leitos serão destinados aos pacientes com coronavírus, mas parte deles estará voltada para isso.

Em Açailândia, foi anunciada a instalação de hospital de campanha em parceria com a Vale para pacientes com Covid-19.

Em Caxias, mais 25 leitos serão adicionados no Hospital Regional.

Carregando