Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Infraestrutura hospitalar do Maranhão recebe reforço para tratamento de pacientes com Covid-19

Várias cidades polos recebem estruturas exclusivas para tratamento do novo coronavírus

Hospital em Coroatá contará com leitos para atender pacientes com Covid-19 (Foto: Divulgação)

A infraestrutura dos hospitais públicos do Maranhão está recebendo reforços em função da pandemia do coronavírus. Várias cidades polos, como Lago da Pedra, Santa Luzia, São Luís, Imperatriz, Açailândia, Coroatá e Caxias recebem estruturas exclusivas para tratamento de pacientes com a Covid-19, com obras executadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Sinfra), integradas com outras pastas, como as secretarias da Saúde e do Governo.

Segundo secretário da Sinfra, Clayton Noleto, as iniciativas foram tomadas desde o início da crise sanitária e o objetivo da antecipação visa proporcionar um melhor atendimento aos pacientes. “Temos feito um trabalho permanente para que essa ampliação e qualidade do atendimento continue, na medida que a necessidade tem crescido também. É preciso se antecipar o máximo possível e é isso que estamos buscando fazer”, reforçou.

No município de Lago da Pedra, a comunidade receberá uma unidade de saúde com capacidade para 50 leitos de internação e quatro salas de isolamento, com áreas totalmente estruturadas para receber possíveis casos da Covid-19. O hospital também possui consultórios de enfermagem, clínica geral, ginecológico, salas para curativos, gesso, raio-X, laboratório para coleta de sangue e salas administrativas. Já em Santa Luzia, o hospital conta com 72 leitos, sendo dez destinados a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Na capital, São Luís, o Hospital da Criança recebeu uma ala exclusiva para receber pacientes com Covid-19 e H1N1. Além disso, a unidade conta com o apoio de mais duas enfermarias, área de estabilização, posto de enfermagem e repouso, somando 18 leitos específicos para quem está em tratamento. A primeira etapa dos serviços de construção dos leitos de isolamento estão concluídos e uma outra etapa está em execução.

O Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto recebeu dez novos leitos de UTI, estrutura que soma a outros 12 leitos para tratamento de síndromes respiratórias, que já existem na unidade, sendo dois deles de isolamento. Na cidade vizinha, Açailândia, será construído um hospital de campanha, por meio de uma parceria entre Prefeitura, Vale e Governo do Estado. As obras já iniciaram com a execução dos trabalhos de terraplanagem.

Em Coroatá, o hospital dispõe de dez leitos de UTI, 25 leitos de enfermaria e setor de hemodinâmica com sala de Raio X e foram adicionados mais leitos para tratamento de pacientes com Covid-19. Já em Caxias, no Hospital Macrorregional Dr. Everaldo Ferreira Aragão, serão criados 25 novos leitos, sendo 10 novos leitos de UTI e 15 de enfermaria, o que corresponde a uma ala inteira na unidade que integra a rede hospitalar do estado.

Outras ações

O Governo do Estado tem um trabalho permanente na melhoria da infraestrutura hospitalar por todo Maranhão. Até 2019, foram entregues 25 obras da saúde em todo o estado, incluindo reformas, ampliações, reconstruções e novas construções, com um investimento superior a 175 milhões. Só na capital maranhense, nove hospitais receberam intervenções. Também foram contempladas as cidades Balsas, Caxias, Imperatriz e Bacabal.

Carregando