Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

São Luís vai receber mais 130 leitos clínicos para casos de coronavírus na próxima semana

O número vai ser adicionado à rede pública estadual, que vem se expandindo desde o início da pandemia no Brasil

Ilha de São Luís concentra cerca de 90% dos casos confirmados no Maranhão, por isso está recebendo mais leitos. (Foto: Divulgação)

A capital maranhense vai receber mais 130 novos leitos clínicos na próxima semana reservados para casos de coronavírus, segundo o Governo do Estado. A Ilha de São Luís concentra cerca de 90% dos casos confirmados no Maranhão, por isso está recebendo a maior parte dos recursos do combate à doença.

“Nós já temos, em fase de conclusão, algumas obras importantes que vão implicar a incorporação de mais 130 leitos clínicos”, disse o governador Flávio Dino.

“No Hospital do Servidor, estamos concluindo mais um andar, no qual teremos 50 leitos. E uma nova unidade que estamos construindo praticamente do zero, perto do Hospital Nina Rodrigues, um anexo, com outros 50 leitos”, acrescentou.

Os outros 30 leitos de enfermaria que serão entregues na semana que vem estão no Hospital São José, alugado pelo Governo do Estado para enfrentar os casos crescentes de Covid-19.

Obras em andamento no Hospital do Servidor. (Foto: Divulgação)

Além disso, a Secretaria de Saúde dialoga com a direção do Hospital Português para oficialização dos novos leitos que também estarão disponíveis nessa unidade de saúde.

Para as semanas seguintes, o Governo do Estado trabalha também para a montagem do Hospital de Campanha em São Luís, com 200 leitos.

Expansão

No início do mês de março, quando eram registrados os primeiros casos de coronavírus no Brasil, a rede estadual de saúde do Maranhão tinha 132 leitos exclusivos de UTI e 120 de enfermaria para atender os pacientes atingidos pela doença.

Agora, são 628 leitos dedicados unicamente a pacientes com Covid-19. Destes, 193 são de UTI, e 435 de enfermaria.

Para esta semana, ainda, estão previstos mais 20 leitos de UTI.

Carregando