Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeitura de São Luís e HU-UFMA disponibilizam serviço de teleatendimento para orientações a pacientes com sintomas leves de Covid-19

Atendimento é feito por acadêmicos de medicina sob supervisão de profissional tutor

A pessoa é atendida por médicos residentes assistidos por um médico tutor (Foto: Divulgação)

Em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), via Hospital Universitário Presidente Dutra (HU-UFMA), está disponibilizando um serviço que tem como objetivo prestar atendimento de orientação, por telefone, a pacientes com síndrome gripal, abordando sobre sinais e sintomas, consultas, e, caso necessário, encaminhamento a serviços de referência. A ação soma-se a outras implementadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior  que não tem medido esforços para conter a disseminação da doença na capital.

A função do serviço, já em execução, é acolher pessoas que estejam com sintomas leves e orientá-las a permanecer em casa com as devidas recomendações. Antes do teleatendimento, que funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h, há uma análise prévia acerca da situação do indivíduo. O usuário que deseja utilizar o serviço por telefone deve inicialmente entrar em contato exclusivamente via WhatsApp pelo número (98) 98882-8452. A central responderá automaticamente usuários, questionando acerca de sintomas e direcionando ao atendimento mais específico.

Caso o paciente reclame de falta de ar, é orientado se dirigir a uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima de onde ele estiver (Itaqui-Bacanga, Vinhais, Araçagi e Cidade Operária), ou ligar imediatamente para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pelo 192. Se o paciente citar outros sintomas que reforcem o diagnóstico de síndrome gripal leve (como febre e dores no corpo), o usuário é orientado e entrar em contato com o ramal do teleatendimento (2109-5597).

Assim que a ligação for completada, a pessoa é atendida por médicos residentes assistidos por um médico tutor. A função do profissional, neste caso, é de orientar e dar apoio em eventuais dúvidas. Caso no atendimento, o diagnóstico aponte para uma comorbidade ou sintoma de maior atenção, o paciente é orientado a comparecer a uma das 12 unidades de saúde da capital maranhense voltadas exclusivamente para este perfil de paciente. A lista completa consta no site da Prefeitura de São Luís no endereço eletrônico: saoluis.ma.gov.br.

No entanto, se o usuário é considerado um caso leve, com sintomas menos severos (febre intermitente por exemplo), o paciente recebe dicas de como se portar em isolamento domiciliar. Neste caso, é orientado a utilizar a máscara cirúrgica, a realizar a higiene das mãos com água e sabão e/ou álcool em gel e a não receber qualquer visita. São prescritos ainda medicamentos para controle dos sintomas, como antitérmicos e anti-inflamatórios.

COMODIDADE

Para o secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, a ferramenta cria mais comodidade e amplia a rede de atendimento. “Por meio de uma parceria com o Hospital Universitário, a gestão do prefeito Edivaldo entrega mais este serviço importante à população, que agiliza e facilita o acesso dos cidadãos ao atendimento de sintomas gripais e, dependendo do diagnóstico, acelera o processo de cura destes sinais”, afirmou.

O Hospital Universitário inclui, na parceria, o suporte técnico (montagem da plataforma) e inclusão dos acadêmicos e do profissional tutor. Já a Semus montou o fluxo de atendimento e as unidades que receberão exclusivamente pacientes com comorbidades ou com sintomas que exijam maior atenção.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Lages, reforça o impacto da ferramenta interativa para a sociedade. “Observamos que casos moderados estão chegando nas unidades, fazendo com que haja o acúmulo de pessoas e sobrecarga no atendimento. Portanto, discutindo melhorias a ferramenta, nós juntamente com a SEMUS, pensamos nesse novo serviço. Essa nova dinâmica permite que a população tenha orientações por meio de um acompanhamento profissional sobre a sintomatologia da COVID-19 e boas práticas de cuidado, podendo ficar em casa sem ter que se dirigir a uma UPA”.

SAIBA MAIS   

Contato do teleatendimento: 2109-5597

Contato WhatsApp prévio para o teleatendimento: (98) 988828452

Se sintomas com maior atenção (como falta de ar) – Após WhatsApp, ligar Samu (192) ou se dirigir à uma das UPAs  (Itaqui-Bacanga, Vinhais, Araçagi e Cidade Operária)

Se sintomas relacionados a síndromes gripais (febre e dores no corpo) – Após WhatsApp, ligar 2109-5597

No teleatendimento, se sintomas gripais mais intensos (febre não-intermitente) – Encaminhar a uma das 12 unidades de saúde

No teleatendimento, se sintomas gripais menos intensos (febre intermitente) – Orienta-se isolamento domiciliar

 12 UNIDADES PARA SINTOMAS GRIPAIS

Centro de Saúde Laura Vasconcelos

Endereço: BR-135, km 23, Estiva

Centro de Saúde Dr Ribamar Frazão Correa

Endereço: Rua Dr. Tancredo Neves, Vila Nova República

Centro de Saúde Genésio Ramos Filho

Endereço: Rua 13, sem número, Cohab Anil

Centro de Saúde Turu

Endereço: Avenida 7, sem número, Conjunto Habitacional Turu

Centro de Saúde Drº José Carlos Macieira

Endereço: Avenida dos Africanos, sem número, Sacavém

Centro de Saúde Liberdade

Endereço: Rua Machado de Assis, sem número, Liberdade

Centro de Saúde Fabiciana de Moraes

Endereço: Rua 3, Quadra 7, sem número, Conj Habitacional Nice Lobão

Centro de Saúde Vila Bacanga Embrião

Endereço: Avenida dos Portugueses, sem número, Bacanga

Centro de Saúde São Raimundo

Endereço: Vila Mauro Fecury, sem número, São Raimundo

Unidade de Saúde da Família Olímpica I – Antônio Carlos Reis

Endereço: Avenida 4, Quadra 36, Casa 11, Cidade Olímpica

Unidade Básica de Saúde Cintra

Endereço: Rua da Companhia, nº 01, Anil

Unidade de Saúde da Família São Francisco

Endereço: Rua das Paparaúbas, Quadra 13, Lote 31, São Francisco

Carregando