Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Itália tem nova redução no número de novos casos e óbitos neste domingo

Sujeitos a um rígido confinamento desde 9 de março, os italianos se preparam para uma suspensão gradual das medidas, a partir de segunda-feira

Foto: Reprodução

A Itália registrou neste domingo (3) nova redução no número de novos casos e de óbitos. Foram computados 1.389 novos casos neste domingo. No sábado foram 1.900. Os óbitos, que ontem tinham sido de 474, neste domingo foram de 174.

O número de pessoas recuperadas também teve ligeiro aumento. Passou de 79,914 pessoas para 81,654.

Sujeitos a um rígido confinamento desde 9 de março, os italianos se preparam para uma suspensão gradual das medidas, a partir de segunda-feira.

“Não baixe a guarda. A fase II começa. Devemos estar conscientes de que este será o começo de um desafio ainda maior”, alertou o chefe da célula encarregada de responder à pandemia, Domenico Arcuri.

Ele ressaltou que a “liberdade relativa” que os italianos terão a partir de agora pode ser frustrada, em caso de um aumento de infecções.

Os italianos aguardam ansiosamente a reabertura de parques, a possibilidade de visitarem a família, fazerem reuniões de no máximo 10 pessoas, ou deslocamentos circunscritos ao interior da comuna de residência.

As medidas variam nas 20 regiões do país, contribuindo para a confusão. Calábria e Veneto, por exemplo, já reduziram as restrições e autorizaram a reabertura de bares e restaurantes, mas sem varanda.

Vários setores da economia, como construção, automóveis, ou luxo, foram retomados em 27 de abril. Já as escolas reabrem apenas em setembro.

Espanha

Na Espanha também houve redução no número de novos casos e óbitos. Foram registrados 1.533 novos casos neste domingo. Ontem, 2.588.

276 pessoas perderam a vida na Espanha no sábado. Hoje, 164 óbitos foram registrados, o mais baixo já registrado desde 18 de março.

Presos em casa desde meados de março, os 47 milhões de espanhóis começaram a descobrir a felicidade de voltar às ruas no sábado. Em Madri, Barcelona e em outras cidades, muitas pessoas saíram para correr, tomar ar, às vezes em grupo. O desconfinamento do país será feito em várias fases até o final de junho.

 

Carregando