Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Supermercados garantem ao Governo do Estado que não faltarão alimentos

Durante uma videoconferência, supermercados da grande Ilha garantiram que não vão faltar alimentos nas lojas

Videoconferência foi realizada para debater medidas adotadas diante do lockdown (Foto: Divulgação)

Durante uma videoconferência, supermercados da grande Ilha garantiram ao secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, que não vão faltar alimentos nas lojas.

O representante do Atacadão, Henrique Costa da Silva, disse que “a loja tem estoque suficiente para atender a demanda da capital”.

“Nossos estoques estão preparados para atender São Luís e todo o Estado”, disse Ilson Mateus, proprietário do Grupo Mateus. Mesma linha também apontada pelos demais participantes da reunião.

A videoconferência foi realizada para debater as medidas adotadas diante do lockdown decretado pela justiça e que começa a vigorar a partir desta terça-feira (5). O debate com os representantes de supermercados e o secretário Simplício Araújo também reforçou o pedido do governador Flávio Dino para que não haja aglomeração nos estabelecimentos.

“Essas declarações ressaltam que não vai haver desabastecimento nos supermercados que atendem a Ilha de São Luís. Destaco que, durante o lockdown, supermercados e farmácias permanecem abertos, ou seja, não há a necessidade de aglomerações nesses estabelecimentos”, afirmou Simplício.

Simplício Araújo, durante a reunião, fez um pedido aos proprietários de supermercados para que aumentem a participação de produtos das indústrias locais. “Peço em especial pelos produtos fabricados no Maranhão. O aumento desses produtos no mix de vocês vai nos ajudar a manter empregos e atividade econômica nas indústrias locais”, disse.

A reunião com representantes de supermercados faz parte de uma série de diálogos que estão sendo realizados pela Seinc com diversos segmentos empresariais. Na sexta-feira (1), houve diálogos com representes de empresas que operam no Porto do Itaqui, de bebidas e com entidades empresariais por meio do Conselho Empresarial do Maranhão (CEMA).

Participaram representantes da Associação Maranhense de Supermercado (AMASP), e dos supermercados Atacadão, Camiño, Mateus, Menezes e Universo.

Carregando