Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo do Maranhão abre primeiro ambulatório especializado para atendimento aos casos da Covid-19

O ambulatório, que tem capacidade de realizar até 300 atendimentos por dia

Ambulatório é mais uma das estratégias para combater o novo coronavírus. (Foto: Julyane Galvão)

O Governo do Estado inaugurou, nesta segunda-feira (11), um ambulatório voltado ao cuidado de pacientes diagnosticados com a Covid-19. Instalado em uma ala do anexo do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), o espaço receberá pacientes encaminhados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de São Luís, que continuam sendo porta de entrada para o atendimento. O ambulatório, que tem capacidade de realizar até 300 atendimentos por dia, é mais uma das estratégias da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para combater o novo coronavírus no estado e qualificar o atendimento.

“A ideia do ambulatório é mudar o conceito do atendimento ofertado aos pacientes. A princípio, o recomendado era permanecer em isolamento e tratamento domiciliar. Agora, ao procurar suporte nas UPAs, o indivíduo passará por avaliação médica e depois será encaminhado para o ambulatório. Com o novo espaço, além do diagnóstico, medicação e remarcação de consultas, vamos poder evitar possíveis agravos e, consequentemente, salvar mais vidas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Após passarem por triagem inicial nas Unidades de Pronto Atendimento, os pacientes com comorbidades (hipertensão, diabetes, asma ou transplantados) e sintomas leves da Covid-19 serão referenciados para o novo ambulatório do HCM a fim de dar prosseguimento ao atendimento iniciado. No espaço, as pessoas encaminhadas pelas UPAs terão acesso a consultas e medicação.

Segundo o diretor geral do HCM, Edilson Medeiros, ao chegar ao ambulatório o paciente será submetido a uma série de exames. “Cada indivíduo que for encaminhado para o local deverá fazer exame de raio-x, tomografia e de sangue. Aqueles que estiverem com uma maior gravidade, de pronto iniciarão o tratamento dentro da unidade, pois agindo de forma precoce conseguiremos evitar complicações, diminuindo também a necessidade do uso de leitos de internação em UTI”, explicou Edilson Medeiros.

Ambulatório é mais uma das estratégias para combater o novo coronavírus. (Foto: Julyane Galvão)

O translado do paciente será feito por meio de vans exclusivas, para aqueles que não possuem transporte próprio. Cada paciente deverá estar munido de máscaras de proteção individual. O atendimento funcionará todos os dias, sempre das 8h às 18h. Por plantão, serão seis técnicos, quatro enfermeiros, três médicos, além de dois profissionais trabalhando no administrativo.

De acordo com o assessor especial da SES, Rodrigo Lopes, a medida deverá fortalecer o trabalho de combate à doença no Maranhão. “Quanto mais cedo os pacientes forem identificados, de maneira precoce e com tratamento especializado, mais vidas serão salvas. Entretanto, isso não exclui o quão é importante a população continuar seguindo as orientações sanitárias e as medidas de prevenção”, pontuou.

Carregando