Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Rua Grande é monitorada para fazer cumprir rodízio de veículos e lockdown

O lockdown foi prorrogado pela Justiça até domingo (17)

Equipes da Polícia Militar e demais órgãos fiscalizadores estiveram na Rua Grande (Foto: Jeferson Stader)

No último dia do rodízio de veículos, equipes da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), acompanhadas de órgãos fiscalizadores, promoveram monitoramento ao longo da Rua Grande, no Centro de São Luís. Nesta quinta-feira (14), estão autorizados a circular veículos de placas terminadas em número par. A fiscalização na área monitorou ainda o cumprimento das medidas de lockdown – fechamento total de serviços não essenciais. O lockdown foi prorrogado pela Justiça até domingo (17).

Na Rua Grande foram instaladas várias barreiras para monitorar a circulação de pessoas, por determinação do lockdown. A polícia fiscalizou o ir e vir das pessoas, checando a necessidade do deslocamento. O policiamento esteve concentrado na via durante todo o dia, orientando a população e fazendo cumprir também o rodízio de veículos. Só era autorizado a passar os carros e motos com placa de final par.

O policiamento realizou ações de trânsito, incluindo notificações e emissão de autos de infração, neste casos, por circulação sem justificativa e veículos com placa não autorizada para este dia. O trabalho é feito com apoio de equipes do Detran-MA e órgãos de trânsito das prefeituras. Nesta sexta-feira (15), o rodízio não será aplicado devido feriado antecipado de 28 de julho, que fará menor a circulação de veículos e pessoas.

São alvo do bloqueio os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e a capital São Luís. Em pontos estratégicos das cidades estão montadas barreiras e, ainda, efetivo para vistoriar o cumprimento das medidas no transporte coletivo. Nos ônibus, os passageiros devem entrar de máscara e não é permitido pessoas em pé, a fim de evitar aglomeração. Nos terminais deve ser respeitado o distanciamento na formação das filas.

Equipes da Polícia Militar e demais órgãos fiscalizadores estiveram na Rua Grande (Foto: Jeferson Stader)

Por ocasião do lockdown, terminais de integração, avenidas e ruas de grande movimento, vias de acesso à orla marítima, centros comerciais e o transporte público também vêm sendo monitorados pela Polícia Militar e órgãos de fiscalização. O bloqueio total de atividades não essenciais foi determinado pela justiça e abrange a Região Metropolitana de São Luís. O descumprimento pode acarretar penalidades como notificação, apreensões e multa.

Mesmo com o rodízio, as regras do lockdown estão valendo, ou seja, quem já não podia circular, continua sem poder circular, independente da placa do carro. O rodízio foi adotado para reduzir ainda mais a circulação das pessoas que trabalham em atividades essenciais e já têm a autorização para circular. Estão liberadas do rodízio profissionais da saúde, taxistas, motoristas de aplicativos e profissionais da imprensa – desde que estejam em serviço. A lista completa pode ser acessada no site corona.ma.gov.br/lockdown.

Carregando