Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Obras avançam em unidades de saúde para implantação de novos leitos

Obras seguem em unidades mistas e Pronto Atendimento 24 horas da zona rural.

A Prefeitura de São Luís avança na reforma e reestruturação da rede de saúde para a ampliação do número de leitos exclusivos para tratamento dos pacientes com Covid-19. Estão sendo adaptadas unidades mistas e outros equipamentos de saúde como o Pronto Atendimento 24 horas da zona rural. A rede de atendimento conta, ainda, com leitos conveniados em unidades privadas de saúde. Com isto, deve chegar a 300 leitos – entre clínicos e de UTI – exclusivos para pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

Prefeitura de São Luís avança com obras para implantação de novos leitos (Foto: A. Baeta)

“Estamos seguindo com as medidas de ampliação da rede municipal de saúde neste momento de pandemia para garantir a assistência em saúde aos pacientes que sejam diagnosticados com Covid-19 na nossa cidade. Já temos o Hospital da Mulher como unidade de referência e os leitos conveniados no Hospital Universitário. Com o apoio do Governo do Estado já está pronta a ala, no Hospital da Criança, para atendimento a pacientes infantis com síndromes gripais, incluindo H1N1 e Covid-19, e a reestruturação da Clínica São José. O atendimento exclusivo garante a assistência necessária que requer esse tipo de quadro clínico e evita o risco de infecção de outros pacientes que passam por tratamento de outras doenças na nossa rede”, disse o prefeito Edivaldo.

UNIDADES EM OBRAS

As unidades mistas São Bernardo e Bequimão estão com obras avançadas e em fase de adequações de espaços e setores para a implantação dos novos leitos. Estão sendo feitas adequações no telhado, na rede elétrica, na tubulação de gases utilizados no tratamento dos pacientes, entre outras mudanças estruturais necessárias para o período da pandemia.

As obras estão sendo executadas respeitando todas as normas sanitárias para evitar que os operários sejam expostos ao risco de contaminação pelo novo coronavírus. Concluídos os serviços nestas duas unidades mistas, serão iniciados os trabalhos nas unidades mistas Coroadinho e Itaqui-Bacanga. No São Bernardo, as obras contam com recursos de emenda parlamentar o senador Weverton Rocha.

Integram a rede exclusiva para Covid-19 a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas da zona rural, que já está com as obras finalizadas, e a Maternidade Nazira Assub, na Estiva, cujas obras serão iniciadas em breve. As duas unidades fazem parte da rede municipal de saúde.

No Hospital da Criança, com o apoio do Governo do Estado, foi montada uma ala com 20 leitos exclusivamente para o atendimento de pacientes infantis com sintomas de síndromes respiratórias ou gripais, inclusive sugestivos à infecção pelo novo coronavírus, bem como oferecer tratamento para aqueles com diagnóstico confirmado de Covid-19.

Leitos infantis no Hospital da Criança (Foto: A. Baeta)

A Prefeitura de São Luís também está conveniado leitos na rede hospitalar privada. Com o apoio do Governo do Estado, o Hospital Português e a Clínica São José tiveram seus espaços adaptados para receber os pacientes com Covid-19. Na Clínica São José os trabalhos já foram concluídos e já foram disponibilizados 38 novos leitos.

REDE PRONTA

A rede de retaguarda da Prefeitura de São Luís montada exclusivamente para atendimento aos  pacientes com Covid-19 inclui os 43 leitos clínicos e 10 de UTI do Hospital da Mulher, que foi totalmente reestruturado, recebeu todos os equipamentos necessários, conta com equipe médica multidisciplinar formada por mais de 200 profissionais e teve os fluxos de atendimento redefinidos para que pudesse ser a unidade de referência da rede municipal durante a pandemia.

A Prefeitura também reservou 40 leitos conveniados com o Hospital Universitário Presidente Dutra. Além disso, 12 unidades básicas de saúde foram destinadas apenas para o atendimento a casos leves de síndromes respiratórias e gripais.

Carregando