Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Defesa Civil intensifica fiscalização de combate ao uso de cerol e linhas cortantes em Imperatriz

Orientação sobre os riscos ocorreu na Beira Rio com crianças, adolescentes e adultos

Ação visa evitar acidentes envolvendo linha com cerol e Linha Chilena utilizadas para empinar pipas. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura por meio da Defesa Civil, em parceria com a Guarda Municipal e Policia Militar, fiscalizou e orientou na tarde de segunda-feira, 25, crianças, adolescentes, jovens e adultos sobre o perigo do uso do cerol e linhas cortantes em pipas.

A lei municipal nº 1474 de 2012, proíbe a prática de empinar pipas nas ruas públicas em locais que estejam a menos de 200 metros de qualquer ponto de fiação, bem como o uso de linha chilena, cerol ou qualquer tipo de linha cortante que coloque a vida do outro em risco.

O agente da Defesa Civil, Ociane Lopes Pereira, explica que a fiscalização com relação a esse tipo de crime é constante, entretanto mais especificamente nessa época por conta do vento que ocorre na região, os adeptos de soltar pipa são vistos com mais frequência praticando o esporte.

“A nossa fiscalização não é contra a prática de soltar pipa, mas sim com relação ao uso de elementos cortantes utilizado na linha que pode levar a uma tragédia e até a mortes. A brincadeira é saudável, porém todos temos que ter consciência que fazer uso do cerol ou qualquer tipo de linha cortante é crime, previsto em lei, então é aconselhável que todos façam sua parte”, esclarece Ociane.

O coordenador alerta ainda que os maiores riscos do cerol e da linha chilena são os cortes causados por elas. A exemplo disso ele cita os motociclistas que geralmente são as principais vítimas, pois estão mais vulneráveis ao perigo, tendo o pescoço como parte mais atingida nesses casos.

Para denúncias qualquer pessoa pode ligar para a Defesa Civil no seguinte número (99) 99152-0832/ polícia no 190 ou chamar a Guarda Municipal.

Carregando