Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

UEMA terá calendário acadêmico especial com aulas remotas

As matrículas podem ser realizadas de 22 a 24 de junho.

UEMA terá calendário acadêmico especial com aulas remotas (Foto: Divulgação)

A Universidade Estadual do Maranhão estabelece o Calendário Acadêmico Especial da Graduação, antecipando o período 2020.3, por meio da Resolução nº 1415/2020-CEPE-UEMA. As aulas serão ministradas de forma remota, por conta do isolamento social. A adesão ao calendário por alunos e professores será facultativa.

Com a suspensão do calendário acadêmico e das atividades presenciais, a UEMA tem buscado por meio do Grupo de Trabalho (GT), designado pela Reitoria por meio da Portaria nº 178/2020 – GR/UEMA, para avaliar cenários possíveis de retomada do Calendário Acadêmico de 2020. O GT foi criado para apresentar plano de ação para retomada das atividades acadêmicas, no âmbito da UEMA, considerando as orientações médico-sanitárias e as normas governamentais sobre a presencialidade, distanciamento social e demais medidas de prevenção e combate a proliferação da COVID-19.

Com intuito de subsidiar as ações de planejamento para a retomada das atividades acadêmicas de 2020, a Uema, por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROG), já realizou duas consultas aplicadas aos docentes e aos discentes, a fim de avaliar as suas condições tecnológicas e acadêmicas. A Pró-Reitoria de Planejamento e Administração realiza consulta a fim de identificar especificamente a situação funcional e o contexto de saúde de todos os funcionários técnico-administrativos e colaboradores de acordo com o setor que atuam.

Nas respostas aos questionários aplicados a alunos e professores, constatou-se que a maior parte da comunidade apoia a ideia do retorno, por meio do uso das tecnologias de informação e comunicação.

O relatório da consulta comprova que, de um total de 1.255 docentes, 922 responderam ao questionário, o que equivale a 73,46% do quadro de professores, e 10.306 alunos dos cursos presenciais, o equivalente a 62,08% do total de aluno, 16.601.

Quanto às respostas dos professores, 87% dos professores respondentes consideram-se em condições de fazer uso de tecnologias digitais em suas disciplinas de modo offline/on-line e interagir com seus colegas e professores virtualmente. Em relação aos discentes, de um total de 10.306 respondentes, o percentual de alunos quanto à mesma pergunta foi de 77%. Foram levantadas também as dificuldades quanto à implementação do ensino remoto para alunos e professores a fim de que fossem estabelecidas as ações para possibilitar à formação necessária para professores e alunos para retomada do calendário 2020.

O período da oferta das disciplinas será realizado entre os dias 29 de junho a 31 de julho. As matrículas podem ser realizadas de 22 a 24 de junho.

As disciplinas deverão ser ofertadas posteriormente, a partir de 2020.2, para os alunos que não puderem realizá-las por motivos relacionados à falta de condições tecnológicas (acesso à internet e/ou de disponibilidade de dispositivo eletrônico) ou a outras condições incapacitantes emocionais e/ou fisiológicas.

De acordo com a Pró-Reitora Adjunta de Graduação, professora Fabíola Santana, “todas as medidas e as ações para o retorno das atividades acadêmicas estão sendo tomadas no sentido de garantir a qualidade da oferta e também a inclusão e a formação da comunidade acadêmica quanto ao ensino mediado por tecnologias”.

Carregando