Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Médico suspeito de chefiar pirâmide financeira em São Luís passa a usar tornozeleira eletrônica

Os investigadores afirmam que esta pode ser considerada uma das maiores pirâmides financeiras de que possa ter conhecimento

Foto: Reprodução

O médico A.J.M.J, de 38 anos, suspeito de chefiar um esquema milionário de pirâmide financeira foi obrigado pelo Poder Judiciário a entregar seu passaporte, está proibido de deixar a Comarca de São Luís e deve usar tornozeleira eletrônica.

O médico é acusado de estelionato, crimes contra a economia popular e outros eventualmente descobertos no decorrer das investigações. Segundo a Polícia, ele era responsável por captar recursos milionários de terceiros sob o pretexto de investir no mercado de capitais.

Os investigadores estimam que o esquema possa ter movimentado cifras na ordem de centenas de milhões de reais, com capacidade para ser considerada uma das maiores pirâmides financeiras de que se tem conhecimento. Segundo a polícia ainda não é possível, nesta fase da investigação, estimar o número de vítimas.

As investigações continuam de forma a identificar o destino dos valores arrecadados pelo médico sob o pretexto de investimento no mercado financeiro.

Carregando