Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ponte construída pelo governo federal no sul do Maranhão vai impulsionar setor do agronegócio

A região Sul maranhense é onde se concentra boa parte da produção agrícola, principalmente os grãos de soja, arroz e milho

Ponte vai impulsionar setor do agronegócio no SUl do Maranhão (Foto: Divulgação)

Uma ponte que está sendo construída pelo governo federal, no Sul maranhense, vai impulsionar o agronegócio na fronteira agrícola do Matopiba, formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A obra vai facilitar a concretização de um antigo projeto rodoviário, o Anel da Soja, para integração de todos os municípios que se destacam na produção de grãos. A ponte, sobre o rio Parnaíba, vai ligar os municípios de Alto Parnaíba, no lado maranhense, e Santa Filomena, no piauiense.

A região Sul maranhense é onde se concentra boa parte da produção agrícola, principalmente os grãos de soja, arroz e milho, sendo responsável pelo aumento do Produto Interno Bruto (PIB) do estado, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o senador Rocha Rocha (PSDB), a ponte, que é um antigo sonho dos moradores de municípios tanto do Maranhão quanto do Piauí, se estendendo até a Bahia, segue em ritmo acelerado e diz que “essa obra federal é mais uma importante conquista junto ao governo Bolsonaro”.

Com essa ligação, o transporte de grãos do Sul do Piauí até o Porto do Itaqui vai se dar com mais velocidade e segurança, pois substitui as balsas por uma travessia em concreto armado.

O presidente da Federação da Agricultura (Faema) e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA), Raimundo Coelho, não esconde seu entusiasmo com a conclusão da obra.

“O aumento do escoamento da produção em função da ponte proporcionará mais investimentos no agronegócio da região, maior volume de transportes e demandas por mais estradas trafegáveis e que irá aumentar a pressão do setor produtivo para melhoria da MA-006 no trecho Alto Parnaíba a Balsas e também pela construção de trechos importantes do Anel da Soja que faz ligação das principais áreas produtoras de soja dos Gerais de Balsas”, pontua.

Ainda de acordo com Raimundo Coelho, a ponte é de grande importância para diminuir as dificuldades do agronegócio da Região Matopiba, “visto que a produção do Sul do Piauí e da Bahia e mais parte do Estado do Tocantins para atravessar para o Estado do Maranhão rumo ao Porto do Itaqui, utiliza Balsas que são lentas e atravessam volume reduzido de carga. A ponte vai agilizar a travessia e aumentar o volume de grãos dos três estados citados com destino ao Porto do Itaqui”.

Numa postagem em sua conta no Twitter, o senador Roberto Rocha destacou o valor que terá para o fortalecimento da economia, dependente em grande parte do setor rural.

“Alto Parnaíba é onde nasce o rio Parnaíba e onde vai nascer também a Hidrovia Parnaíba/Itapecuru. Obrigado, presidente Bolsonaro!! Obrigado, ministro Tarcízio!! Primeiro a gente faz; Depois a gente fala!!”, disse ele mencionando os responsáveis pela execução.

Carregando