Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Domingo é marcado por graves acidentes e cinco óbitos nas BRs que cortam o Maranhão

Entre as ocorrências, duas pessoas morreram carbonizadas em Barra do Corda, após colisão entre um Celta e uma carreta

Romildo e Evandro morreram carbonizados após o carro em que estavam colidir com uma carreta (Foto: Divulgação/G1)

O domingo, 26 de julho de 2020, foi um dia com acidentes graves e registro de óbitos acima da média nos últimos anos nas rodovias federais que cortam o Maranhão. Foram quatro ocorrências graves, que tiraram a vida de cinco pessoas em diferentes partes do estado.

Duas vítimas carbonizadas

A primeira ocorrência se deu por volta das 06h05 da manhã de domingo (26), no km 294 da BR-226, no município de Barra do Corda, quando um GM/Celta 4P Spirit, e uma Scania/R 480 A6X4 se chocaram frontalmente. O impacto da batida provocou incêndio que consumiu parte do Celta e carbonizou os dois ocupantes, que não tiveram chance de escapar.

As vítimas foram identificadas como Evandro da Silva Miranda, passageiro, 25 anos, filho do presidente da Câmara de Vereadores de Barra do Corda, e Romildo da Silva Ribeiro, condutor, 30 anos.

De acordo com os levantamentos iniciais das duas equipes PRF que compareceram ao local, os vestígios indicam que a carreta estava na contramão no momento do impacto. O condutor desta foi levado para a delegacia de Polícia Civil daquele município para as providências que o caso requer.

Reboque se desprende e mata ciclista

O segundo acidente foi um atropelamento de um ciclista adolescente, ocorrido por volta das 14h, no km 350 da BR-010, no munícipio de Itinga do Maranhão. A Polícia Rodoviária Federal informou que, tecnicamente, houve foi uma inobservância a procedimento legal por parte do condutor de uma caminhonete Toyota Hilux prata, não identificada, que trafegava pela BR-010 e deixou o reboque se desprender e atingir o ciclista.

O reboque foi analisado e foi possível notar que a estrutura de conexão desse veículo com a caminhonete estava rompida (danificada), motivo pela qual a carrocinha desprendeu e saiu da faixa para o acostamento, vindo a atingir com o ciclista Rogério Silva Sousa, 14 anos, que transitava naquele local e teve morte instantânea, em frente sua casa.

O reboque não estava amarrado ao veículo tracionador com uma corrente de segurança, dispositivo necessário e obrigatório para uso de engates para evitar que caso seja rompido o engate ou estrutura do reboque o veículo rebocado não saia desgovernado. Tal obrigação está prevista na resolução do CONTRAN nº 197/06 e nº 234/07 no artigo 6°.

O autor se evadiu do local sem parar ou prestar auxílio, tendo se apresentado aproximadamente três horas depois na delegacia de Polícia Civil civil em Açailândia, juntamente com seu advogado.

Portanto foi enquadrado o condutor da caminhonete, um homem de 48 anos, autor de homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Colisão lateral na BR-316

No munícipio de Santa Inês na BR 316 km 272, por volta das 18h00 de domingo, ocorreu um acidente do tipo colisão lateral envolvendo um veículo GM/ Classic e um caminhão M.Benz 1315, resultando no óbito de João Francisco Araújo, 47 anos, condutor do Classic.

Ambulância atropela pedestre

A última ocorrência grave desse domingo (26), aconteceu no final da noite, no km 21 da BR-135, em São Luís, próximo a entrada da comunidade Igaraú. Um pedestre foi atravessar a via e acaboi sendo atingido por uma ambulância do SAMU, que trafegava em velocidade razoável, mas não viu o pedestre atravessando a via de forma desatenta.

A vítima, o pedestre Josueliton Souza da Silva, foi a óbito no local.

Carregando