Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Praias da Ilha de São Luís continuam impróprias para o banho

Foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos na Ilha do Maranhão

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) divulgou o laudo de balneabilidade das praias localizadas na Ilha de São Luís. A ação de monitoramento foi realizada no período de 24/07/2020 a 3/08/2020, integrando a série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias.

Foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís e trechos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Todos os locais estão impróprios para o banho.

O monitoramento da Sema obedece aos padrões do Conama nº 274/00, segundo a qual, a água das praias é considerada própria quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras, obtidas em cada uma das cinco semanas anteriores, e colhidas no mesmo local, houver no máximo 100 Enterococos/100 mL (NMP – Número Mais Provável) ou 800 Escherichia coli/100mL.

A água das praias é considerada imprópria quando não atender aos critérios anteriores, ou quando o valor obtido na última amostragem for superior a 400 Enterococos/100 mL (NMP) ou a 800 E. Coli/100mL. A Sema ainda usa o indicador microbiológico enterococos com maior frequência por ser o mais restritivo.

Carregando