Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sem salários, profissionais da Santa Casa de Misericórdia do Maranhão protestam

Há atrasos, também, nos repasses dos vales-transportes aos trabalhadores

Funcionários do Hospital Santa Casa foram à porta da unidade para protestar contra atraso de salários (Foto: Gilson Ferreira)

Profissionais da Santa Casa de Misericórdia do Maranhão, localizada no centro de São Luís, protestaram na manhã desta sexta-feira (14), em frente ao hospital. Eles reclamaram do atraso de salário e vales-transportes. São porteiros, enfermeiros, colaboradores do setor de nutrição e o pessoal de serviços gerais. A manifestação ocorreu por volta das 8h, e nela foram utilizadas faixas com reivindicações.

De acordo com a secretária do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem e Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde do Maranhão (Sindsaúde-MA), Maria do Nascimento, na semana passada houve o pagamento de junho, mas os profissionais ainda aguardam o salário de julho.

“Sempre há atrasos. Procuramos a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e o órgão disse que não deve nada à Santa Casa. Já a instituição afirma que não teve repasse de julho. A situação é complicada, pois as consequências são os salários e vales-transportes atrasados”, informou Maria do Nascimento.

O diretor da Santa Casa, médico Abdon Murad, informou que o dinheiro que mantém o hospital é federal, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), que repassa mensalmente à secretaria de Saúde do município. O Jornal Pequeno solicitou um posicionamento da Semus e aguarda uma resposta sobre o caso.

Carregando