Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

TSE avalia a possibilidade de estender horário de votação

Tribunal também estuda horários diferentes por faixa etária, para garantir a segurança de pessoas acima dos 60 anos ou do grupo de risco

TSE estuda novas mudanças para as eleições municipais (Foto: Divulgação)

Em razão da pandemia da Covid-19, duas alterações já foram determinadas pelo Congresso e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições deste ano. Com a mudança, o primeiro turno passou de 4 de outubro para 15 de novembro; e o segundo, de 25 de outubro para 29 de novembro.

O TSE ainda anunciou a suspensão da identificação biométrica em 2020, e estuda outras mudanças para as eleições municipais. O presidente do tribunal, Luís Roberto Barroso, declarou que a instituição está avaliando a possibilidade de estender, em pelo menos uma hora, o horário de votação nas eleições municipais.

Além disso, está sendo considerada a proposta de recomendar horários de votação diferentes por faixa etária, garantindo os primeiros horários do dia para as pessoas com mais de 60 anos, ou do grupo de risco.

O período das convenções partidárias agora será de 31 de agosto a 16 de setembro. Já o prazo para o registro de candidaturas, que terminaria em 15 de agosto, foi transferido para 26 de setembro. Os partidos terão até às 19h do dia 26 para realizar o procedimento no cartório eleitoral, mas será possível enviar o requerimento via internet, até às 8h.

A propaganda eleitoral, inclusive na internet, será permitida a partir de 27 de setembro, após o fim do prazo de registro de candidatura. Já a diplomação dos candidatos eleitos deverá ocorrer até o dia 18 de dezembro em todo o país. A data da posse, 1º de janeiro de 2021, não sofreu alteração.

Carregando