Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Instalações elétricas possuem prazo de validade?

A cada 5 anos é indicado que seja feita uma revusão completa nos sistemas elétricos

Foto: Reprodução

Boa parte dos produtos e materiais que adquirimos contam com um período de validade para o seu uso. Obedecer a este tempo de duração é a maneira mais eficiente de consumi-los com qualidade máxima. E isso não é diferente quando tratamos do sistema elétrico de residências, indústrias ou empresas.

A justificativa é simples: instalações elétricas são desenvolvidas com dispositivos que, naturalmente, se desgastam ao longo do tempo de utilização. Portanto, o correto é afirmar que elas possuem um prazo de vida útil. E respeitar este limite é uma forma de garantir a segurança das pessoas, bem como a valorização do imóvel.

Conforme o estudo Raio-X das Instalações Elétricas Brasileiras, realizado pela ABRACOPEL – Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos Elétricos -, ainda há muito que caminhar em prol da mudança da cultura da manutenção preventiva das instalações elétricas. Isso porque 60% dos entrevistados afirmaram que nunca reformaram ou não sabem informar se houve reforma no sistema elétrico.

Agora, a pergunta que surge a seguir é: como saber o tempo de validade das instalações elétricas?

Como normalmente elas não estão visíveis, estando por trás de paredes ou dentro de conduítes, as instalações elétricas não recebem atenção. Por isso, esta preocupação deve ser ainda maior, já que ela só vai ser notada a partir de um problema gerado.

Portanto, vamos detalhar cada item do sistema elétrico para que você tenha maior controle e segurança nas suas instalações.

Condutores elétricos (fios e cabos)

Estimado em até 30 anos, se utilizado dentro dos parâmetros.
Importante: Esse componente sofre uma redução drástica de vida útil quando a sua utilização é submetida a situações de limite.

Disjuntores e dispositivos DR

Estimado em manobras (quantas vezes é acionado/desacionado). Em condições normais, podem resistir por até 25 anos de operação.
Importante: vale ficar atento para os sinais de desgaste dos componentes, especialmente quando começam a ocorrer desarmes frequentes.

Tomadas

Estimado em manobras (quantas vezes é conectado/desconectado). Aquecimentos da tomada e/ou do plugue são indicativos de troca.

Interruptores

Estimado em manobras (quantas vezes é acionado/desacionado). Atentar-se às falhas mecânicas e elétricas.

Como já salientamos, o cuidado com a instalação elétrica deve ser encarado sempre como um investimento ao patrimônio e a segurança.

Por isso, além de ficar atento aos prazos de validade, é importante realizar, periodicamente, um serviço de manutenção preventiva.

O período indicado, neste caso, é a cada 5 anos. Contate com um eletricista ou engenheiro elétrico de sua confiança e realize esta ação proativa para evitar eventuais problemas em sua instalação elétrica.

Carregando