Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia Civil segue sem pistas do suspeito que matou barbeiro no Mercado Central

Vítima estava trabalhando no momento em que o suspeito chegou e efetuou quatro disparos.

O barbeiro Antônio Souza foi morto a tiros, quando estava trabalhando (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil ainda não possui pistas do suspeito que matou o barbeiro Antônio Souza, de 49 anos, por volta das 19h de sexta-feira (28). O crime ocorreu dentro da barbearia da vítima, localizada no Mercado Central, na região central de São Luís.

Conforme informações obtidas pelo Jornal Pequeno, Antônio estava trabalhando no momento em que o suspeito chegou, e, sem nem mesmo ter conversado com a vítima, efetuou quatro disparos. Baelado, Antônio morreu no local.

Logo após cometer o crime, conforme dito por populares, o autor dos disparos teria fugido no sentido da região conhecida como Oscar Frota. A morte do barbeiro Antônio Souza, que era morador do Anjo da Guarda, foi registrada pela Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), que segue investigando para descobrir as motivações do crime e o autor dos disparos.

O JP manteve contato com a SHPP, mas devido à troca do turno de plantão, o delegado plantonista de ontem disse que ainda iria ler a ocorrência. A reportagem foi informada que o fato também havia sido repassado ao Serviço de Inteligência da Polícia Militar, que auxilia nas investigações.

Carregando