Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Advogado aciona Justiça por obras nas BRs

Ele pede providências ao Governo Federal para sanear definitivamente o problema e sugere que a manutenção seja entregue ao Exército

Advogado acionou Justiça Federal contra o Dnit (Foto: Divulgação)

O advogado caxiense Hélio Coelho ajuizou na Justiça Federal uma Notificação Judicial contra o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) por supostas irregularidades nas obras das BRs 135 e 316, que ligam São Luís a Teresina.

Segundo Coelho, há mais de 40 anos ele transita de carro por ali e, “assim como a população em geral”, está “cansado de sofrer prejuízos em seus veículos decorrentes do péssimo estado das rodovias, principalmente nos trechos entre os municípios de Miranda do Norte e Peritoró”.

Na notificação, o advogado menciona, também, a declaração de um ex-diretor regional do DNIT em Caxias, engenheiro Antônio Augusto Coutinho, que teria lhe dito:

“O DNIT recebe verba para recapeamento da rodovia mas só é aplicada uma operação tapa-buraco”. Ainda segundo ele, a história teria rumo porque no prosseguimento da mesma rodovia, entre Caxias e Timon, “o asfalto está sempre perfeito e ainda conta em muitos locais com pista adicional para o tráfego lento de ônibus e caminhões”.

Hélio Coelho conta que denunciou o fato perante o Ministério dos Transportes, mas recebeu como resposta que deveria procurar o setor de comunicação do DNIT em São Luís.

Na sua petição, Coelho lembrou que, recentemente, um grupo de manifestantes interditou a BR-135, em Miranda do Norte, protestando por melhorias na referida rodovia, ao que o DNIT respondeu com nota atribuindo a buraqueira a motivos técnicos. Hélio Coelho pergunta com ironia: “Motivos técnicos durante mais de 40 anos”?

Por fim, o advogado pede providências ao Governo Federal para sanear definitivamente o problema e sugere que a manutenção da rodovia seja entregue ao Exército.

Carregando