Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Integrantes de facção são presos por tortura e homicídio em Timon

O vídeo em que a vítima aparece sendo executada foi amplamente divulgado nas redes sociais

Membros de facção presos em Timon pela prática de homicídio, com requintes de crueldade (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão prendeu seis integrantes da facção criminosa Bonde dos 40, suspeitos de envolvimento na morte e tortura de Alex Lima, de 30 anos. O crime com requintes de crueldade ocorreu dia 3 de maio deste ano, no Residencial Lourival Almeida, na cidade de Timon.

Segundo a Delegacia de Homicídios da cidade, que investiga o caso e efetuou as prisões, o momento dos tiros disparados contra Alex foi filmado e amplamente divulgado nas redes sociais. A vítima, na companhia de dois amigos, conforme apurado pela polícia, moradores da zona norte de Teresina, tinham como destino o Residencial Lourival Almeida, mas teriam se perdido quando procuravam familiares.

Eles estavam em um carro e foram abordados pelos suspeitos, já atirando, ao fazerem uma manobra para retornar, visto que perceberam o caminho errado. Os dois amigos da vítima conseguiram fugir, mas ele acabou sendo capturado pelos membros da facção.

Alex, de acordo com a polícia, foi bastante torturado e o vídeo em que aparece sendo executado chegou ao conhecimento da família, que procurou a delegacia, então, o corpo conseguiu ser encontrado.

As investigações apontaram que, entre os autores e mandantes do crime, está um dos líderes da organização criminosa no estado do Piauí. Além dele, dois que também possuem liderança no grupo foram presos.Todos foram conduzidos ao Presídio Jorge Vieira, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Carregando