Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

São Luís ganha loja com soluções completas de ambulantes a empreendedores

Cheffe House, recém inaugurada na Av. Daniel de la Touche, na Cohama, trabalha com vendas no atacado e no varejo

Cheffe House funciona na Cohama (Foto: Divulgação)

Uma pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com a Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel) confirmou que a modalidade de delivery foi a saída para manter 72% dos restaurantes e bares funcionando em plena pandemia da Covid-19; sendo que 25% precisaram se adequar emergencialmente e iniciaram o serviço de entregas somente durante a pandemia e após o último mês de março.

E, para todos que precisam se adequar ao delivery, é fundamental poder contar com a pronta entrega de produtos como embalagens para comidas e bebidas; etiquetas, selos e lacres; sacolas e caixas para armazenar produtos para entrega; itens dos mais demandados. Sem falar na oferta de ingredientes para a fabricação de doces, salgados, sorvetes, drinks, pizzas e refeições em geral, que se transformaram em novos negócios para muitos que viram na pandemia a oportunidade ideal para abrir novos negócios na área de alimentação.

Para atender essa demanda crescente e oferecer uma ampla gama de produtos, que vão desde os ingredientes até o maquinário industrial de cozinhas, bares e afins, é que surgiu a loja Cheffe House, recém inaugurada na Av. Daniel de la Touche, nº 2010, na Cohama; com vendas no atacado e no varejo.

A nova loja pertence aos sócios do Grupo Macropack, que possibilita encontrar itens como utensílios para casa, cozinha e decoração; higiene e limpeza, papelaria, bares, restaurantes, cozinhas e maquinário industrial; churrasco; food service; embalagens e descartáveis, sorveteria; copos, louças, formas e panelas; fardamentos; utilidades; comida oriental; açaí e guaraná; mesas e cadeiras e demais mobiliários para lanchonetes, bares e restaurantes.

A loja, em formato de showroom, funciona de segunda à sexta das 8h às 20h; aos sábados das 8h às 18h; e aos domingos das 9h às 14h. Das marmitas e descartáveis, do saquinho de pipoca à caixa de pizza, tudo pode ser encontrado para pronta entrega na Cheffe House, que se apresenta como facilitador da vida de todos, principamente daqueles que estão começando a empreender no ramo de alimentação e ainda não contam com muito capital de giro para a compra de insumos.

A ex-proprietária de uma casa de festas infantis no Maiobão, Ana Maria Ramalho, se viu obrigada a mudar de atividade em plena pandemia. Com o seu negócio fechado desde março, ela tem sobrevivido graças à venda sob encomenda dos doces e sobremesas que passou a fazer em casa e a fornecer para amigos.

Graças à qualidade dos produtos e ao “boca a boca” entre clientes, a demanda tem aumentado dia a dia. Mas como a concorrência é grande também nesse setor, garantir uma boa apresentação e embalagens adequadas são fundamentais.

“Descobri a Cheffe House e confesso que me facilitou muito. Como sou bem pequena, não tenho capital para encomendar embalagens personalizadas ainda. Mas queria algo que fosse moderno, bonito e seguro. Achei o que buscava aqui, além de outros itens que também compraria em outras lojas como ingredientes para doces; formas e panelas. Aqui posso comprar tudo o que preciso e na quantidade que desejo. Economizei tempo e dinheiro concentrando as compras aqui”, disse a nova cliente da Cheffe House.

São mais de quatro mil produtos no total. Os sócios Alex e Graça Caldas e Cristiano Matos contam que a ideia da loja surgiu para atender à crescente demanda do mercado local, ainda mais acelerado e carente durante a pandemia.

“Com a abertura da Cheffe House estamos gerando aqui 20 novos empregos diretos. Mas para nós, o mais importante, é ajudar a fomentar milhares de outros empregos diretos e indiretos que surgem com novos serviços e negócios nas áreas de alimentação e bebidas. Esse é um setor que exige cada vez mais profissionalização e insumos de qualidade, e com a Cheffe House queremos abastecer todos os empreendedores maranhenses, dos ambulantes e micro empresários aos grandes negócios”, declararam os sócios.

Carregando