Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Operação da Polícia Federal cumpre mandados contra funcionários dos Correios no Maranhão

Grupo criminoso utilizava estrutura da empresa para o cometimento de diversas fraudes.

Dinheiro apreendido durante a operação da PF (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal, a partir de informações da Coordenação de Segurança Coorporativa dos Correios, e com o apoio do Ministério Público Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 17,  a Operação “Mencancia Postal” com a finalidade de desarticular grupo criminoso que se utiliza da estrutura dos Correios para o cometimento de diversas fraudes. A ação ocorreu nas cidades de São Luís, Barreirinhas, Bacabal, Santa Inês, São Luís Gonzaga, Lago Verde, Codó e Coelho Neto.

A partir de elementos de informação colhidos em dois Inquéritos Policiais, especialmente decorrentes da Operação “Hermes e o Gado II”,  foram verificados indícios de que empregados dos Correios estariam cometendo diversos crimes, ente eles; simulando roubos e furtos para se apropriarem de valores das agências, cobrando propina para revalidação de senhas de benefícios previdenciários, no procedimento de “Prova de Vida e criando CPFs em nome de pessoas fictícias para o recebimento fraudulento de benefícios assistenciais do Governo Federal, entre eles o auxílio emergencial pago em razão da pandemia de COVID-19.

A Polícia Federal cumpriu 16 Mandados de Busca e Apreensão, seis Mandados de Prisão Temporária e oito Mandados de Intimação. Além disso, foi determinado o sequestro de bens dos principais investigados no valor total de R$ 933.888,28.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por roubo, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, peculato eletrônico, falsa comunicação de crime, estelionato majorado e associação criminosa.

Ao todo 74 policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pela Subseção Judiciária de Bacabal/MA, decorrente de representações da autoridade policial responsável pelos dois Inquéritos Policiais em trâmite na Delegacia de Repressão aos Crimes Patrimoniais e ao Tráfico de Armas – DELEPAT/DRCOR/SR/PF/MA.

A denominação “Mercancia Postal” diz respeito ao ato de mercadejar, mercantilizar, fazer o comércio espúrio, utilizando-se para tanto da estrutura dos Correios.

Carregando