Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Líder do Movimento LGBT de Pedreiras é assassinado a facadas

O companheiro da vítima foi detido pela polícia, suspeito de ter praticado o crime

Francisco Ferreira de Lima foi assassinado a facadas (Foto: Divulgação)

A cidade de Pedreiras foi palco de um assassinato na manhã desta quinta-feira, 24. Francisco Ferreira de Lima, 30 anos de idade, conhecido como “Kinkim”, foi encontrado morto dentro da sua casa, na rua Carlos Martins, bairro Seringal. A vítima era um dos líderes do movimento LGBTQI+ na cidade.

Vizinhos encontraram Kinkim já sem vida na cozinha e notaram a subtração de alguns objetos, como geladeira e botijão de gás. O corpo apresentava várias perfurações e cortes de faca. Uma pedaço de madeira sujo de sangue também foi encontrado na casa, o que leva a polícia a acreditar que possa ter sido utilizado para agredir a vítima. Foram identificados sinais de luta corporal na residência.

“Como a vítima tinha um porte físico avantajado, acreditamos que possa ter mais de uma pessoa encolvida no crime. Mas ainda estamos investigando todas as possibilidades. Por enquanto, temos apenas um suspeito”, declarou o sub-tenente Abreu, do 19º BPM.

Policiais civis e militares estiveram no local colhendo informações para dar início às investigações. A polícia acredita que o crime aconteceu durante a madrugada, pois o corpo do jovem já apresentava sinais de rigidez.

O companheiro de Francisco foi detido pela polícia, suspeito de ter praticado o crime. Ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras.

Carregando