Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Homem assassinado no Centro de São Luís teria estuprado esposa de militar

O PM prestou depoimento e negou a autoria do crime. Mas a polícia está concluindo os trabalhos periciais

Foto: Reprodução

Um soldado da Polícia Militar do Estado se apresentou na Delegacia de Homicídios depois de estar sendo apontado como suspeito da morte de Gledson Garcia Barros, assassinado a tiros, na última sexta-feira (25) em frente ao Comando do Corpo de Bombeiros, na área do Parque Bom Menino, região central de São Luís.

O PM prestou depoimento e negou a autoria do crime. Mas a polícia está concluindo os trabalhos periciais para fazer os devidos confrontos, além de analisar outras imagens do local do homicídio já em poder das autoridades.

ESTUPRO – Embora a vítima não tenha nenhum registro na polícia como estuprador, as informações até agora levantadas dão conta de que a vítima teria estuprado a esposa do militar no último dia 23 de setembro. Não só ela como uma outra mulher.

A vítima era motorista de carrinhos de lotação e fazia o mesmo percurso todos os dias, o que teria levado o autor do crime a esperá-lo naquele local.

O caso continua sendo investigado.

Carregando