Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ferryboat colide com pilar de atracação na saída do Terminal da Ponta da Espera

O incidente foi causado por rajadas de vento que atingiram a embarcação

Ferryboat colidiu com o pilar devido aos fortes ventos (Foto: Reprodução)

Um ferryboat colidiu com um dos pilares da antiga estrutura de atracação do terminal, logo após zarpar da atual rampa da Ponta da Espera, na tarde desta quinta-feira, 1º de outubro.

De acordo com a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), o incidente foi causado por rajadas de vento que atingiram a embarcação, durante manobra de deslocamento do ferry Baía de São Marcos, em viagem de São Luís para o Cujupe.

A Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) informa que o ferryboat Baía de São Marcos, da empresa Internacional Marítima, colidiu a lateral direita da embarcação nos pilares da antiga estrutura de atracação do terminal, logo após zarpar da atual rampa do Terminal da Ponta da Espera.

Nenhum passageiro ficou ferido e os veículos embarcados não sofreram avaria. Um tripulante da embarcação teve luxação no braço e o ferry Baía de São Marcos retornou à rampa para que ele pudesse receber atendimento médico.

Confira abaixo a nota na íntegra da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos

A Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) informa que o ferryboat Baía de São Marcos, da empresa Internacional Marítima, colidiu a lateral direita da embarcação nos pilares da antiga estrutura de atracação do terminal, logo após zarpar da atual rampa do Terminal da Ponta da Espera.

A empresa Internacional Marítima informou que o incidente teve como causa rajadas de vento que atingiram a embarcação, durante manobra de deslocamento do ferry Baía de São Marcos, em viagem de São Luís para o Cujupe.

De acordo com a concessionária, nenhum passageiro ficou ferido e os veículos embarcados não sofreram avaria. Um tripulante da embarcação teve luxação no braço e o ferry Baía de São Marcos retornou à rampa para desembarcá-lo e receber atendimento médico.

Após o procedimento, o ferry seguiu viagem, fez o desembarque dos passageiros e veículos no Terminal do Cujupe e se encontra em rota Cujupe/São Luís.

A MOB emitirá notificação à empresa para apuração de responsabilidades, no âmbito de sua atribuição e acompanhará o procedimento a ser instaurado pela Capitania dos Portos.

Carregando