Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

No Maranhão, apenas 18% das micro e pequenas empresas tiveram acesso ao crédito na pandemia

O projeto disponibiliza ações de socorro aos empresários nesta retomada da economia, após o auge da crise do novo coranvírus

Em São Luís, o lançamento do Anjo Movimenta aconteceu no auditório da Associação Comercial do Maranhão (Foto: Gilson Ferreira)

Nessa quarta-feira (14), a Associação Comercial do Maranhão (ACM) e entidades parceiras do Avança Maranhão, além de uma série de parceiros institucionais realizaram o Anjo Movimenta, iniciativa que ofertará os mais variados tipos de serviços para o empresariado local e comunidade, em mais uma etapa de ações do plano Avança Maranhão.

Durante o evento, o presidente da ACM, empresário Cristiano Barroso Fernandes, disse ao Jornal Pequeno que somente 18% das micro e pequenas empresas maranhenses tiveram acesso ao crédito, durante a pandemia. O Avança Maranhão foi lançado oficialmente no dia 17 de agosto, mas as ações são realizadas desde junho.

O evento aconteceu na sede da ACM e também em toda a Praça Benedito Leite. O objetivo foi disponibilizar gratuitamente serviços e ações de socorro às empresas nesta retomada da economia, dentre os quais, consultorias jurídica, financeira, contábil, RH e gestão.

Além disso, constam na programação orientações de instituições financeiras sobre acesso ao crédito, cadastro na tarifa social de energia, regularização de empresas com orientações da Junta Comercial do Maranhão, negociação de débitos, orientação empresarial, arrecadação de donativos e doação de insumos, vacinação contra a Influenza, entre outros.

“O Avança Maranhão nasceu para continuar até o fim de 2020. Mas, como estamos vendo a necessidade das empresas, a intenção da ACM é buscar novos parceiros, de modo que possamos estender o projeto até o próximo ano. O Avança Maranhão começou em São Luís e há algumas semanas chegou a Imperatriz”, destacou Cristiano, ao informar que a ação Anjo Movimenta ocorre simultaneamente em São Luís e Imperatriz, numa parceria com a Associação Comercial e Industrial daquele município.

EM IMPERATRIZ

Na cidade de Imperatriz, o evento também foi presencial, realizado no auditório do Centro de Educação Profissional e Tecnológica do Senai.

“Recebemos com grande satisfação a chegada do Avança Maranhão, que vem em momento muito importante da retomada da economia, e apoio aos micro e pequenos empresários na superação da crise causada pela pandemia. Nós do Sistema Indústria entendemos que é nosso papel estarmos juntos, nesse momento, e somando com nossa expertise e serviços relevantes”, declarou o primeiro vice-presidente da Fiema, Francisco de Sales Alencar, anfitrião do evento em Imperatriz.

EIXOS

O Avança Maranhão contempla 74 ações focadas em seis eixos (apoio às empresas, tecnologia e inovação, emprego e renda, apoio emergencial: agenda urgente, educação profissional e comunicação). Essas ações representam um aporte de quase R$ 30 milhões, entre investimento próprio e recursos captados junto a parceiros.

São Luís e Imperatriz, onde as entidades participantes possuem unidades ou escritórios, são os territórios abrangidos pela iniciativa.

AÇÕES

As ações se destinam às empresas ou trabalhadores mobilizados pelas entidades de classe, que prioritariamente são empresas associadas às entidades ou aos sindicatos filiados; micro, pequenas e médias empresas; empresas do Programa de Fornecedores do Maranhão (PDF/MA); trabalhadores empregados e desempregados; microempreendedores individuais – MEI; produtores rurais; e unidades e profissionais de saúde.

Entidades que compõem o Avança Maranhão

  • Associação Comercial do Maranhão (ACM)
  • Federação da Agricultura do Estado do Maranhão (Faema/Senar)
  • Federação do Comércio de Bens
  • Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Sistema Fecomércio)
  • Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae no Maranhão)
  • Sistema Federação das Indústrias do Maranhão (Sistema Fiema)
Carregando