Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Adolescente é morta a tiros e tem cabelo cortado na zona rural de São Luís

Crime pode ter sido cometido por membros de facção criminosa rival à que atua no bairro onde a vítima morava

Adolescente foi morta a tiros e teve o cabelo cortado, possivelmente, em uma punição (Foto: Divulgação)

Uma adolescente de 15 anos, identificada como A. M. F P., foi encontrada morta, nessa quarta-feira (21), no Residencial Albino Soeiro, zona rural de São Luís. Ela era moradora do condomínio Eco Tajaçuaba, localizado na região da Santa Bárbara, e teria sido levado do local na noite de terça-feira (20).

De acordo com informações da Polícia Civil, além de ser atingida com disparos de arma de fogo, a vítima ainda teve o cabelo cortado, o que pode significar que ela foi torturada. Os disparos teriam sido ouvidos por populares por volta das 21h, da terça-feira (20).

Segundo o delegado George Marques, da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), há informações de que os autores sejam integrantes de uma facção criminosa.

“Sobre a vítima, a priori, não se pode dizer se ela era ou não membro de facção. O que podemos dizer é que residia em um bairro no qual atua uma facção rival à dos suspeitos de terem cometido o assassinato”, pontuou.

Ainda conforme o delegado, as características do crime apontam para uma possível punição de facção criminosa contra a vítima, que foi humilhada ao ter o cabelo cortado antes da execução.

Familiares de Ávila estiveram na sede da SHPP, na Avenida Beira-Mar – região central de São Luís, onde prestaram alguns esclarecimentos à polícia e fizeram o reconhecimento da adolescente.

Carregando