Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Morre transexual que foi espancada no interior do Maranhão

Natasha Nascimento, de 29 anos, estava internada há duas semanas no Hospital Carlos Macieira, na capital

Natasha Nascimento, de 29 anos, foi agredida após voltar de festa em São Luís Gonzaga do Maranhão (Foto: Divulgação)

A transexual Natasha Nascimento, de 29 anos, que foi agredida quando voltava de uma festa, no município de São Luís Gonzaga, a 258 km de São Luís, morreu nesse sábado, 24.

A vítima estava internada no Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís, há mais de duas semanas, após ser transferida com muitos machucados pelo corpo devido à agressão. O estado de saúde dela era considerado grave.

O CASO

Natasha Nascimento foi espancada por cinco pessoas enquanto passava pela BR-316, no município. Ela teve seis costelas quebradas, o maxilar deslocado e várias fraturas pelo corpo. A Polícia Civil investiga o caso.

Dois homens e três mulheres foram apontados como principais suspeitos de envolvimento com a agressão. A mãe de Natasha, Delsina Nascimento, relatou que a filha sempre enfrentou desafios por conta da orientação sexual e que temia pela segurança da família.

Após o crime, a Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA), afirmou que estava acompanhando o caso e que ele pode ser enquadrado como crime de transfobia.

Carregando