Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Artistas do Maranhão são selecionados em projeto de arte urbana da Vale

Iniciativa vai distribuir R$ 75 mil em prêmios para experiência em pintura, desenho, graffiti, quadrinhos, mangá, entre outros.

Desenvolvido para promover a arte urbana em municípios do Pará e Maranhão, o “Arte em Cores” já selecionou os 50 artistas que irão para a próxima fase do projeto. São 25 artistas de municípios do Pará e 25 de cidades do Maranhão. Nesta etapa do projeto, serão ofertadas oficinas on-line, a fim de ampliar a técnica desses profissionais.

Ao todo foram 110 trabalhos inscritos nas 15 cidades atendidas pelo edital. O projeto vai distribuir ainda R$ 75 mil em prêmios para artistas com experiência em pintura, desenho, arte urbana, graffiti, quadrinhos, ilustração, mangá e colagens, entre outros.O Arte em Cores é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocinado pela Vale.

Conheça artistas selecionados pelo projeto no Maranhão:

Eder Alves de Sousa (São Pedro da Água Branca). Emilly Cristine Costa Silva, Evanda Freitas de Oliveira Sousa, Leane de Sousa da Silva, Marcelo de Sousa Mesquita , Maria Delmonde, Shayenne Carmem Sousa Dias,  Vagner Salasar Santana e Walison Melo Teixeira (Açailândia);  Carlos Augusto Rodrigues Pereira, Cleyton Ferreira Santos, Francisco Alves Cavalcante Neto, Jesiel Sousa Cruz, Jose Reinaldo Costa Ferreira, Reginaldo Ferreira Silva e Sydney Ramalho de Melo (Alto Alegre do Pindaré); Miguel Sousa (Pindaré Mirim); Ana Beatriz Silva Mesquita, Marcos Vinicius Reis Oliveira e Maria Divina Silvade Sousa, (Santa Inês); Daniel Sousa de Almeida (Igarapé do Meio); Beatriz Marian Ferreira Garcez (Vitória do Mearim); Bruno de Jesus Martins Costa, Ellen de Kássia Sousa Ericeira e Itevalda Machado da Silva (Arari).

PRÓXIMAS ETAPAS

Os 50 artistas selecionados por um júri especializado terão a oportunidade de participar de uma oficina on-line sobre referências estéticas, técnicas e suportes de arte urbana. Simultaneamente, a organização do projeto enviou um kit para a produção das obras para as residências dos artistas nos 15 municípios do Pará e do Maranhão, com sprays e latas de tinta, pincéis, pigmentos, um painel de MDF de 0,9m x1,85m e outros equipamentos de trabalho e proteção.

Os artistas tiveram 15 dias para elaborar os painéis. A equipe do Arte em Cores forneceu acompanhamento remoto ao desenvolvimento dos trabalhos, que serão recolhidos ao final do prazo estabelecido.  Nesta fase, cada artista receberá prêmio no valor de R$ 1 mil pela obra concluída e entregue.

Na terceira e última etapa, dez dos cinquenta painéis produzidos serão selecionados pelo júri. Em data ainda a ser definida, o Arte em Cores promoverá dois eventos culturais de encerramento do projeto, abertos à população, em Marabá (PA) e Açailândia (MA). Nas duas cidades, os dez artistas selecionados participarão de nova atividade formativa e de uma criação coletiva de arte urbana, que resultará em um grande painel. Cada finalista receberá a premiação de R$ 2,5 mil.

Sobre o Arte em Cores

O projeto tem como carro-chefe a arte urbana, de cunho popular, produzida intencionalmente para interferir em espaços externos da cidade, sobre o mobiliário urbano. A arte urbana reúne diversas expressões artísticas difundidas nas ruas, como graffiti, estêncil, colagem, entre outras.  Seus múltiplos efeitos podem transformar a vida de pessoas e de comunidades inteiras, redesenhar o semblante das cidades, desenvolver habilidades e talentos e promover a inclusão social.

Adaptado para o período de distanciamento social, o projeto Arte em Cores é realizado pela Vivas Cultura e Esporte, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com o patrocínio da Vale por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e parceria do Centro Cultural Tatajuba.

Carregando