Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mulher suspeita de integrar facção criminosa é presa com tornozeleira eletrônica rompida

Ela responde a um processo na 1º Vara de Criminal da Capital.

Material apreendido em poder da suspeita (Foto: Divulgação)

Na tarde dessa sexta-feira (6), a Polícia Civil cumpriu, em São Luís, um mandado de prisão em desfavor de uma mulher acusada de integrar organização criminosa. Ela responde a um processo na 1º Vara de Criminal da Capital.

Segundo a Polícia Civil, durante o processo, a ré deixou a penitenciária mediante o uso de tornozeleira eletrônica, mas rompeu o equipamento e teve a sua prisão preventiva novamente decretada.

Ao ser capturada ontem, ela foi flagrada com diversos cadernos de anotações, balança de precisão e a própria tornozeleira eletrônica rompida.

A presa, que não teve o nome divulgado, foi encaminhada ao presídio feminino e os objetos apreendidos serão analisados durante investigação própria, de acordo com a polícia.

Carregando