Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Em 15 dias de funcionamento, Drive-thru para Covid-19 já testou mais de 3 mil pessoas no Rangedor

São três tendas à disposição da comunidade de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 16h.

Drive-thru para testes de Covid-19 instalado no Parque do Rangedor (Foto: Ana Sheyla Fernandes)

O Drive-thru para testes de Covid-19 instalado no Parque do Rangedor, em São Luís, completa 15 dias de funcionamento nesta segunda-feira (9). Desde que iniciou os atendimentos no dia 26 de outubro, foram testadas 3.111 pessoas, das quais 2.554 testaram negativo. Disponibilizado pelo Governo do Estado, o serviço vai funcionar até o dia 13 de novembro no local.

São três tendas à disposição da comunidade de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 16h, no estacionamento do Parque do Rangedor, no Calhau. O público-alvo reúne idosos, gestantes e pessoas com deficiência. O serviço é coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

“Faço uma avaliação positiva do Drive-thru no Parque do Rangedor. Trabalhamos de forma segura e com as devidas orientações sobre os protocolos de cuidados da Covid-19. É um grande benefício para esse perfil que se enquadra como grupo de risco”, avaliou a coordenadora do Drive-thru, Lícia Warwick Dourado Trinta. 

Seu José Roberto Ramalho de Moraes, de 63 anos de idade, tem diabetes e é cardíaco. Ele compareceu ao Drive-thru para fazer o teste e aprovou a iniciativa. “Estou achando ótimo esses testes destinados à população, principalmente para os que são do grupo de risco como eu. Fiz o teste quando teve no Sebrae e, como depois tive sintomas, resolvi fazer novamente”, explicou o idoso.

Para realizar o teste, é preciso apresentar um documento oficial com foto. As mulheres grávidas devem apresentar também o cartão da gestante.

O serviço foi ofertado pela primeira vez em São Luís no mês de setembro, quando 14.418 pessoas realizaram os testes rápidos, sendo que 81,80% testaram negativo. Em Imperatriz, o serviço esteve disponível de 5 a 23 de outubro e foram testadas mais de 3.400 pessoas.

Carregando