Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Flamengo demite Torrent após goleadas e elege Ceni como alvo

Clube anunciou a saída do técnico espanhol e de sua comissão técnica nesta segunda-feira

Treinador espanhol Domènec Torrent. (Foto: Reprodução)

O Flamengo anunciou nesta segunda-feira a demissão de Domènec Torrent. Além do treinador espanhol, a comissão técnica trazida pelo profissional também deixa o clube. A atividade desta terça-feira, no Ninho do Urubu, já será comandada pelo treinador Maurício Souza, que dirige a equipe Sub-20.

O treinador espanhol deixou o cargo após derrota para o Atlético-MG, no último domingo. Contratado no meio da temporada para substituir o português Jorge Jesus, o ex-auxiliar de Pep Guardiola se despede do cargo após 24 partidas, com com 14 vitórias, quatro empates em seis derrotas. Agora, o atual campeão brasileiro e da Copa Libertadores irá ao mercado em busca de um substituto.

Torrent deixa a equipe após sofrer duas goleadas seguidas pelo Brasileirão, para São Paulo (4 a 1) e Atlético-MG (4 a 0), respectivamente. Apesar disso, o Flamengo é o 3º colocado da competição com 35 pontos.

Ceni na mira

Com a vaga deixada por Torrent, começam as especulações de quem seria o eleito pelo Flamengo para assumir a função. A torcida flamenguista já escolheu seu preferido momentos após a goleada para o Atlético-MG e aumentou o tom nessa segunda-feira, após a confirmação da demissão: Rogério Ceni. Além de preferido dos rubro-negros, o atual técnico do Fortaleza parece que também está na pauta da diretoria.

Segundo o apresentador do Fox Sports, Benjamin Back, Ceni está próximo de ser anunciado o substituto de Torrent. “O treinador do Flamengo, tenho 99,9%, será Rogério Ceni. A informação que eu tenho é que o nome do Ceni está praticamente fechado com o Flamengo”.

Além da terceira colocação no Brasileiro, o Flamengo está nas oitavas de final da Libertadores, fase em que enfrentará o Racing, da Argentina, e inicia nessa semana a disputa das quartas de final da Copa do Brasil, exatamente contra o São Paulo, clube que o goleou na semana passada e onde Ceni é ídolo

Carregando