Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Operação no Sul do Maranhão desarticula laboratórios de hackers que manipulavam medidores de energia

Eletricistas que fraudavam equipamentos da Equatorial também foram alvos da ação policial.

Operação desarticulou laboratórios de hackers que manipulavam medidores de energia (Foto: Divulgação)

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), da Polícia Civil, deflagrou na semana passada a “Operação Descontrole”, que visa combater laboratórios de hackers e eletricistas que atuam na região Sul do Maranhão. Os suspeitos atendem grandes fazendas de irrigação, manipulando o software de medidores de energia e realizando desvios clandestinos, a fim de diminuir os valores de consumo aferidos pelos aparelhos.

A operação contou com o apoio operacional da distribuidora de energia elétrica Equatorial Maranhão, e ocorreu em duas etapas: a primeira na região de Balsas com foco em transformadores ligados clandestinamente e a segunda em Imperatriz, Governador Edson Lobão e Açailândia com a finalidade de detectar medidores fraudados.

Segundo a polícia, quatro pessoas foram presas em flagrante e oito transformadores de alta potência apreendidos. “Nós já tínhamos um levantamento anterior com alvos já definidos. Nesses locais encontramos a fraude do tipo controle, daí o nome da operação, como também a apreensão de grandes subestações. Esses grandes consumidores, para ter acesso a energia, utilizam de subestações que são abastecidas e controladas por grandes transformadores, de 150 a 300 Kva. É aí que encontramos estações de ligações clandestinas e intervenção na rede pública de alta tensão de forma irregular”, explicou o delegado Paulo Roberto, do Departamento de Defesa de Serviços Delegados (DDSD/SEIC).

O delegado informou ainda que a operação terá outras etapas: “As investigações da Operação Descontrole continuam combatendo essa prática criminosa, que tem causado grande prejuízo aos cofres públicos e a grandes empresas do estado”, finalizou.

Carregando