Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de matar a companheira adolescente em Barra do Corda é preso na cidade de Tuntum

O revólver calibre 38, usado no feminicídio, foi apreendido.

Eduardo da Silva Alves foi preso depois de apontado como autor da morte de Maria Isabel de Sousa Reis (Foto: Divulgação)

Foi preso, na noite da última quinta-feira (26), em cumprimento a mandado de prisão preventiva, Eduardo da Silva Alves, de 24 anos, acusado de matar a própria companheira, Maria Isabel de Sousa Reis, uma adolescente de 17 anos. O crime ocorreu no dia 21 de novembro, na cidade de Barra do Corda.

O acusado foi capturado, segundo o delegado Márcio Coutinho, após denúncias, em um matagal, no povoado Dois Irmãos, no município de Tuntum, em uma operação conjunta das polícias civil e militar. O revólver calibre 38, usado no feminicídio, foi apreendido.

Em depoimento, ele negou ter atirado na esposa e alegou que a adolescente teria cometido suicídio, fato rechaçado pelas investigações, conforme o delegado. A vítima foi alvejada com um disparo no pescoço e morreu dentro da residência que o casal morava, localizada na Vila Mariano. No momento do crime, ela estava na companhia da filha de apenas seis meses.

“O autor primeiro se envolveu em uma briga com um vizinho, que acabou sendo esfaqueado. A mulher teria aparecido para tentar separar, mas ele de forma enfurecida, já dentro da casa, acabou matando a companheira”, explicou o delegado, destacando que a vítima já havia sido agredida outras vezes, inclusive, no dia do crime, mas nunca o denunciou.

Eduardo da Silva Alves era ex-presidiário e possui passagens pelos crimes de receptação e porte ilegal de arma de fogo. Além do crime de feminicídio, ele também poderá ser indiciado por tentativa de homicídio ou lesão corporal contra o vizinho.

Após os procedimentos necessários, o acusado foi encaminhado a Unidade Prisional de Barra do Corda, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Carregando