Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio domina o CRB no Castelão e se mantém no G4 da Série B

A equipe Tricolor praticamente sacramentou a vitória no primeiro tempo, ao abrir 2×0, com gols de Roney e Eloir.

Roney abriu o caminho para a vitória boliviana no Castelão (Foto: Lucas Almeida)

Aplicação, marcação forte e atitude. Ingredientes que levaram o Sampaio Corrêa a dominar o CRB e vencer o time alagoano por 3×0, na noite deste sábado, no Estádio Castelão.

A equipe Tricolor praticamente sacramentou a vitória no primeiro tempo, ao abrir 2×0, com gols de Roney e Eloir. Na etapa final, apesar da leve melhora em campo do adversário, a Bolívia Querida fez o terceiro gol com Diego Tavares e definiu o placar.

O resultado levou o Sampaio Corrêa aos 44 pontos, firme na terceira posição da Série B.

O JOGO

Com a proposta clara do adversário de montar guarda em seu campo de defesa, o Sampaio tocava bola no ataque tentando achar uma brecha para chegar ao gol. Diego Tavares teve liberdade na entrada da área e disparou por cima do travessão.

Com as linhas altas, o Tricolor seguia pressionando, sem deixar os visitantes saírem do campo de defesa. Aos 22 minutos, o volume de jogo se traduziu em gol. Caio Dantas deu o bote no zagueiro e a bola sobrou para Roney, que não perdoou e abriu o placar no Castelão.

O gol não mudou a postura do Sampaio, que seguia com o ímpeto ofensivo, controlando as ações. Caio Dantas quase amplia após cruzamento de Eloir, mas a cabeçada passou rente à trave.

A superioridade Tricolor em campo resultou na ampliação do placar. Roney serviu Eloir em profundidade, e o meia chutou cruzado, forte e rasteiro para fazer o segundo gol da Bolívia. O lance levou o Sampaio com uma boa vantagem para o vestiário.

O CRB resolveu adotar uma postura mais agressiva no início da etapa final, mas sem conseguir incomodar a Bolívia, que puxou um contra-ataque fulminante e marcou o terceiro gol, aos oito minutos. Diego Tavares anotou um golaço de chapa após aproveitar um passe por elevação de Marcinho.

Com grande prejuízo na partida, o adversário resolveu arriscar as últimas fichas, mas sem organização suficiente para superar a defensiva boliviana, que se mantinha firme em campo.

Sem precisar mais se expor, o Sampaio controlava a partida e segurava as jogadas de ataque do CRB, que tentou diminuir o prejuízo, mas foi o Tubarão que quase marca o quarto com Marcinho. O goleiro alagoano salvou o lance.

O restante do tempo foi apenas para matar o tempo e esperar o apito final, que consolidou a Bolívia no G4 da Série B.

Na próxima rodada o Sampaio Corrêa vai até o Estádio Independência enfrentar o América/MG, em duelo com jeito de decisão, entre duas equipes que estão no G4 da Série B.

Ficha Tricolor

Gustavo, Luís Gustavo (Joazi), Joécio (Paulo Sérgio), Flávio Boaventura e Marlon; Ferreira (Eloir), Vinícius Kiss e Marcinho; Diego Tavares (Gustavo Ramos), Roney e Caio Dantas (Jackson).

Carregando