Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Operação da Polícia Civil mira quadrilha de hackers suspeita de desviar R$ 13 milhões de banco digital

Mais de 20 suspeitos já foram presos, e determinado o bloqueio 3 milhões em contas dos investigados.

Polícia Civil deflagrou a segunda fase da Operação Ostentação (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão (PCMA) realiza, na manhã desta quarta-feira, 16, a segunda fase da Operação Ostentação, que combate uma quadrilha de Hackers que causou um prejuízo ao banco digital Nubank no valor quase 13 milhões de reais.

Cerca de 280 policiais civis do Estado do Maranhão estão nas ruas cumprindo vários Mandados de Busca e de Prisões nos municípios de Imperatriz, São Luís, Governador Nunes Freire, Açailândia, Carolina, São João do Paraiso, Cidelândia, Davinópolis, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e João Lisboa. A ação policial conta com apoio da Policia Civil do Estado do Goiás (PCGO), na cidade de Aparecida do Goiás, Policia Civil do Estado do Tocantins(PCTO), nas cidades de Augustinópolis e São Bento/TO.

De acordo com a Polícia Civil, sao 58 Mandados de Prisão e cerca de 90 de Busca e Apreensão. Mais de 20 suspeitos já foram presos, e determinado o bloqueio 3 milhões em contas dos investigados

Os presos serão conduzidos ao Colégio Militar Tiradentes 2 – R, em Imperatriz, onde haverá entrevista coletiva com o secretário de Segurança do Maranhão, Jefferson Portela, e demais responsáveis pela operação.

Carregando